Search
Wednesday 21 November 2018
  • :
  • :

Após Olimpíada inédita para a Argentina e qualificação ao Mundial, Mimi Sosa deixa seleção

Por Gustavo Aguiar

Emilce Sosa (Foto: FIVB)

No último dia 15, a central Emilce Sosa disputou sua última partida pela seleção feminina da Argentina. Após a vitória sobre o Peru, a seleção garantiu sua classificação para o Mundial 2018. No entanto, a central de 30 anos anunciou sua aposentadoria da seleção.

Mimi nasceu em Formosa, região norte da Argentina. Foi criada em uma comunidade indígena, os wichis, onde seus pais eram professores. No braço direito, ela carrega a frase “Otetsel ta n’am talakis”, da língua wichi, que significa “Minhas raízes, minha história”. O braço erguido sobre a testa, enaltecendo a frase, é a marca registrada da argentina.

Mimi se destacou desde as categorias de base, principalmente por ser ótima bloqueadora, o que impressiona devido à sua altura, 1m77. Pela seleção argentina, jogou cinco Campeonatos Sul-Americanos (2009, 2011, 2013, 2015, 2017), sete Copas Pan-Americanas (2010 a 2016), e torneios importantes do ciclo como o Campeonato Mundial de 2014, os Jogos Panamericanos de 2015 e o sonho argentino: a classificação inédita aos Jogos Olímpicos em 2016. No Grand Prix jogou sete edições, de 2011 a 2017.

Apesar de ter deixado a seleção, Mimi Sosa continua sua carreira em clubes. Atualmente defende o São Cristovão Saúde/São Caetano em sua quarta temporada consecutiva no Brasil. Confiram a trajetória da central:

Clubes e Torneios Disputados

Equipe Provincial de Córdoba
2005 – Campeonato Argentino sub-18
2006 – Campeonato Binacional
2007 – Campeonato Argentino sub 21

9 de Julio Olímpico de Freyre (Córdoba)
2005/06 – Liga Argentina

Univalles (Cochabamba – Bolivia)
2006 – Torneo Boliviano

Asociación Deportiva Atenas (Córdoba)
2006/07 – Liga cordobesa

Instituto Atlético Central Córdoba (Córdoba)
2006/07 – Liga Argentina

Club Atlético Boca Juniors (Buenos Aires)
2007/10 – Liga Nacional
2008/11 – Torneo Metropolitano
2008 – Copa MERCOSUR
2010 – Copa ACLAV – Asociación de Clubes Liga Argentina de Voleibol

CSM Bucharest (Romênia)
2011/2012 Liga Nacional Romena
2011/2012 Copa Romena

Stiinta Bacau (Romênia)
2012/14 – Copa Romena
2012/14 – Liga Nacional Romena

Rio Do Sul (Brasil)
2014/16 – Superliga do Brasil

Pinheiros (Brasil)
2016/17 – Superliga do Brasil

São Caetano (Brasil)

2017/18 – Superliga do Brasil

Selecão Argentina de Vôlei Femenino
Torneo amistoso contra os EUA – 2009
Qualificatório ao Campeonato Mundial – 2013
Campeonato Sul-Americano – 2009, 2011, 2013, 2015, 2017
Copa Pan-americana 2010, 2011, 2012, 2013, 2014, 2015, 2016.
Torneio Final Four – 2011
Campeonato Mundial de Volei Femenino – 2014
Jogos Panamericanos – 2015
Jogos Olímpicos (Brasil) – 2016
Grand Prix – 2011, 2012, 2013, 2014, 2015, 2016
Capitã da seleção de 2010 a 2012

TÍTULOS 

2005 – Copa Argenta (Asociación Deportiva Atenas).
2005 – Campeonato da província de Cordoba (Asociación Deportiva Atenas).
2006 – Campeonato da província de Córdoba (Asociación Deportiva Atenas).
2006 – Liga Boliviana (Univalles).
2006 – Torneio Binacional (Provincial de Córdoba)
2009 – Torneio Metropolitano (Club Atlético Boca Juniors).
2010 –  Torneio Metropolitano (Club Atlético Boca Juniors).
2012 – Copa ACLAV (Copa Argentina) – (Club Atlético Boca Juniors).
2012 – Liga Romena (CSM Bucharest)
2012 – Copa Romena (CSM Bucharest)
2013 – Liga Romena (Stiinta Bacau)
2013 – Copa Romena (Stiinta Bacau)

PREMIAÇÕES INDIVIDUAIS
2005 – Melhor Bloqueadora – Campeonato Argentino Sub -18.
2007 – Melhor Bloqueadora – Campeonato Argentino Sub – 21.
2007 – Melhor jogadora – Federação da província de Córdoba.
2009/10 – Melhor bloqueadora – Liga Argentina.
2010/11 – MVP (“Most Valuable Player Award”) – Copa ACLAV.
2011 – Melhor Bloqueadora da fase classificátoria do Gran Prix.
2013 – Olympya de Plata
2013 – Premio Clarín
2014– Melhor sacadora da Superliga de Brasil
2016 – Melhor central do qualificatório à Copa do Mundo
2016 – Melhor central do qualificatório aos Jogos Olímpicos

“Otetsel ta n’am talakis” – frase que Mimi tatuou, em homenagem às suas raízes (Foto: FeVa)




6
Deixe um comentário

avatar
5 Comment threads
1 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
6 Comment authors
EliezerMarceloHenriqueZhutinhaSynth Britania Recent comment authors
  Subscribe  
o mais novo mais velho mais votado
Auto Notificar:
Marcelo
Visitante
Marcelo

Qual seria o motivo ?

Henrique
Visitante
Henrique

Levando em consideração a baixa estatura 1,77, ela se tornou uma referência, pois há centrais de 1,90 ou mais que não jogam a metade que ela joga. Muito simpática, ela namora a central Milka do Pinheiros, formam um casal lindo !

Eliezer
Visitante

Sabe onde posso encontrar fotos Henrique? Obrigado

Zhutinha
Visitante
Zhutinha

Joga muitoo..muito simpatica

Synth Britania
Visitante
Synth Britania

Impressiona como ela ataca e ninguém consegue bloquear essa pequena notável, parabéns garota! A seleção argentina está crescendo mas vai sentir falta da Mimi, pois assim como várias centais, é bola de segurança quando sai passe, principalmente no contra ataque.

Bruno Soares
Visitante
Bruno Soares

Parece ser uma ótima pessoa. Parabéns pela carreira Mimi. Você é um exemplo de vencedora.

Translate »