Search
Sunday 8 December 2019
  • :
  • :

Brasil começa fim de semana em São Paulo com vitória fácil

Crédito: Divulgação/FIVB

Crédito: Divulgação/FIVB

 

Se ninguém esperava que a Bélgica fosse páreo para a Seleção Brasileira feminina, as expectativas se confirmaram, na tarde desta sexta-feira, no Ginásio Ibirapuera, em São Paulo, pela segunda semana do Grand Prix. Com a base do time que disputou a maior parte dos sets na Tailândia, semana passada, o Brasil impôs uma vitória de 3 sets a 0 sobre a Seleção Belga, com parciais de 25-17, 25-16, 25-14. O time do técnico José Roberto Guimarães, com isso, chega à quarta vitória em quatro jogos, com 12 pontos conquistados, campanha similar à da China e a dos EUA – as chinesas lideram, por conta dos pontos average, e as norte-americanas estão no terceiro lugar, graças ao set average.

 

Dani Lins, Joycinha, Carol, Juciely, Gabi, Fernanda Garay e Camila Brait foi o time titular do Brasil. Todas as reservas, ainda que por pouco tempo, também tiveram oportunidade de entrar em quadra, inclusive, Sassá, que, no terceiro set, fez sua estreia na posição de líbero. A maior pontuadora do Brasil foi a ponteira Gabi, com 13 pontos assinalados. Assim como foi na semana passada, dá para sublinhar também a atuação das centrais brasileiras e do bloqueio.

 

Juciely fez dez pontos, sendo nove em ataque e um no bloqueio, e foi a terceira maior pontuadora do time. Ela é a quinta maior bloqueadora do Grand Prix, com dez pontos assinalados no fundamento e média de 0,77 ponto de bloqueio por set. Carol, por sua vez, com quatro pontos de bloqueio na partida, chegou a 12 no GP e lidera as estatísticas, com a média de 1,23 block por set. Hoje, a dupla foi responsável por 21 pontos do Brasil – a título de comparação, a Bélgica marcou apenas 47 pontos na partida, sendo 32 na soma de ataques, bloqueios e aces.

 

Outro ponto forte do Brasil foi a defesa. Camila Brait evitou por 21 vezes que o ataque belga pontuasse e Gabi, 16. Coincidentemente, nesta ordem, a líbero e a ponteira brasileiras são as duas melhores defensoras da competição até aqui, de acordo com as estatísticas da FIVB.

 

No sábado, às 10h, o Brasil enfrenta a Tailândia, que hoje venceu a Alemanha por 3 a 0 (25-22, 25-20, 25-16). No domingo, no mesmo horário, a Seleção Brasileira se despede de São Paulo enfrentando as alemãs.




Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Auto Notificar:
Translate »