Search
Wednesday 18 September 2019
  • :
  • :

Brasil Sub-19 fica com a prata no Desafio Internacional

Seleção do campeonato: Tobias, Nathan, Thiago, Gustavo, Darlan, Renan e Léo. (Foto: Renan Rodrigues/CBV)

A seleção brasileira masculina sub-19 ficou com a medalha de prata no Desafio Internacional de Voleibol ao ser superado pelo time adulto do São José Vôlei (SP) por 3 sets a 2 (25/17, 22/25, 25/21, 15/25 e 15/12) na noite deste sábado (03.08), em Santa Rita do Sapucaí (MG). O time terminou o torneio amistoso com três vitórias e apenas uma derrota.

A seleção brasileira sub-19 já havia vencido o time paulista na primeira fase do quadrangular, mas, em partida muito equilibrada e decidida nos detalhes, foi superada no tie-break. O principal objetivo segundo o técnico Fabiano Ribeiro, porém, foi cumprido. Proporcionar experiência aos jovens e situações de jogo como preparação ao mundial da categoria.

“Enfrentamos um time adulto, mais experiente e que não admitia uma derrota para nós após a derrota na primeira fase. Isso fez o clima esquentar um pouco, e é algo importante, com certeza vamos passar por momentos assim na Tunísia. Eles vieram muito fortes, em alguns momentos fomos muito bem, soubemos controlar, fizemos 25 a 15 no quarto set, um ótimo placar contra um time adulto. Acabamos perdendo duas bolas no tie-break, mas faz parte do amadurecimento dessa garotada”, disse o técnico ‘Magoo’, que completou.

“Nós também queríamos vencer, claro, mas fizemos alguns testes neste jogo. Foi importante sentir o comportamento de alguns garotos na situação de pressão. Uma final, contra um adversário duro, pudemos tirar boas observações. Temos um corte para realizar ainda, mas tudo está correndo bem, o time está ganhando confiança. Vamos ter mais uma semana de trabalho e na sequência focar direto no mundial”.

O Brasil também contou com quatro atletas na seleção do torneio, em eleição com treinadores das quatro equipes. O levantador Gustavo Orlando, o ponteiro Nathan Krupp, também eleito MVP, o central Léo Andrade e o oposto Darlan foram escolhidos como os destaques individuais. O central Renan Levandoski e o ponteiro Thiago Vanole, do São José Vôlei, e o líbero Tobias, da Argentina, completaram a seleção.

O Brasil agora terá mais uma semana de treinamentos no Centro de Desenvolvimento de Voleibol (CDV), em Saquarema (RJ), na reta final de preparação visando o mundial da categoria. O elenco viaja para a Tunísia no próximo dia 11 deste mês e ainda realizará alguns amistosos no país antes da estreia, que acontece no dia de 21 de agosto.

No duelo que abriu o dia, a seleção sub-19 da Argentina superou a equipe sub-19 da República Dominicana por 3 sets a 0 (25/20, 25/20, 25/17) e ficou com a terceira colocação no torneio amistoso, terminando com duas vitórias em quatro jogos. Os caribenhos terminaram sem vitórias na competição.

O Jogo
A equipe do São José Vôlei iniciou a disputa sacando melhor que o time brasileiro, com dificuldades em encontrar regularidade na recepção. A superioridade na organização das jogadas fez o time paulista abrir 18 a 13 na metade da parcial, forçando pedido de tempo do técnico Fabiano Ribeiro. O clube paulista administrou a vantagem e fechou o set por 25 a 17.

O Brasil começou melhor o segundo set, abrindo 10 a 7 em ataque de Krupp, tomando o ritmo do jogo. A melhora também veio no saque, com boas variações que passaram a dificultar a recepção do São José, elevando a vantagem para 17 a 11. O time paulista ensaiou uma reação e reduziu a diferença para dois pontos. Com tranquilidade, o Brasil manteve a virada de bola e fechou o segundo set por 25 a 22.

A terceira parcial foi a mais equilibrada, com os times utilizando mais os centrais. O São José Vôlei conseguiu abrir uma vantagem de quatro pontos e foi sustentando. O Brasil chegou a reagir e ficar um ponto atrás, mas o time comandado pelo técnico William aproveitou as oportunidades na virada de bola e fechou a parcial por 25 a 21.

Assim como no segundo set, o Brasil começou mais concentrado na quarta parcial, sacando melhor. O ponteiro Adriano entrou e passou a ser ótima opção para o levantador Gustavo, criando mais opções na virada de bola. Sempre na vantagem do placar na parcial, a equipe verde e amarela fechou o set com placar mais elástico: 25 a 15.

O tie-break começou com a equipe de São José abrindo dois pontos de vantagem. O Brasil conseguiu empatar o duelo e o jogo ficou extremamente disputado, ponto a ponto. No fim, porém, o time paulista aproveitou duas bolas não concretizadas no ataque brasileiro e conseguiu fechar por 15 a 12, vencendo o duelo no tie-break.

BRASIL – Gustavo Orlando, Darlan, Léo Andrade, Otávio, Paulo Sil e Nathan Krupp. Líbero – Pedro Tomasi
Entraram – Rafael Foster, Adriano Cavalcante, Lucas Lima e Maicon França
Técnico: Fabiano Ribeiro

SÃO JOSÉ VÔLEI – Adami, Gregore, Renan Levandoski, Bruno, Rodrigo e Thiago. Líbero – Júnior
Técnico: William Santa Maria

SELEÇÃO DO TORNEIO
Levantador – Gustavo Orlando (Brasil)
Oposto – Darlan (Brasil)
Ponteiros – Nathan Krupp (Brasil) e Thiago Vanone (São José Vôlei)
Centrais – Léo Andrade (Brasil) e Renan Levandoski (São José Vôlei)
Líbero – Tobias (Argentina)
MVP – Nathan Krupp (Brasil)

DESAFIO INTERNACIONAL DE VOLEIBOL MASCULINO

31/07
14h – Argentina 3 x 0 República Dominicana – 25/18, 25/20, 25/18
16h – Brasil 3 x 1 São José Vôlei (SP) – 18/25, 25/22, 25/17, 25/22

01/08
18h – São José Vôlei (SP) 3 x 0 República Dominicana – 25/10, 25/15, 25/16
20h – Brasil 3 x 0 Argentina – 25/18, 25/23, 25/14

02/08
18h – São José Vôlei (SP) 3 x 0 Argentina – 25/20, 25/19, 25/19
20h – Brasil 3 x 0 República Dominicana – 25/18, 25/16, 25/13

03/08
Bronze
17h – Argentina 3 x 0 República Dominicana – 25/20, 25/20, 25/17

Final
20h – Brasil 2 x 3 São José Vôlei (SP) – 17/25, 25/22, 21/25, 25/15 e 15/12




Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Auto Notificar:
Translate »