Search
Friday 6 December 2019
  • :
  • :

Brasil vence China no tie-break e segue vivo nas Olímpiadas

Divulgação/FIVB

Equipe verde-amarela chegou a abrir 24 a 22 no quarto set, mas não conseguiu fechar o jogo em 3 sets a 1.

Na primeira partida desta sexta-feira (03/08) pelos Jogos Olímpicos de Londres, a seleção brasileira feminina conseguiu um resultado que renovou os ânimos do time na busca por uma vaga para as quartas de final e salvou a equipe de José Roberto Guimarães da eliminação precoce. Líderada por Sheilla e Thaísa, a equipe derrotou a China por de 3 a 2, parciais de 25-16, 20-25, 25-18, 28-30 e 15-10, e chegou aos quatro pontos no grupo B, subindo para a quarta posição empatado com a Turquia, que ainda joga na rodada.

Mais uma vez a seleção apresentou altos e baixos. O time iniciou o jogo com mudanças em sua formação, contando pela primeira vez com Dani Lins como titular. No primeiro set a equipe fez uma boa apresentação, se mantendo em vantagem durante toda a parcial e fechou em 25 a 16.

Leia mais
Sheilla: “Se nós passarmos para a próxima fase, vamos ganhar o ouro”
 

Já no segundo set, as brasileiras, apesar do início forte, voltaram a apresentar erros e permitiram a virada da China, que fechou em 25 a 20. Após a troca de Paula por Fernanda Garay, a equipe brasileira voltou a equilibrar o jogo. Disputado ponto a ponto, o terceiro set foi decidido no final, com uma passagem do Brasil na reta final (parcial de 8×1) para vencer por 25 a 19.

O quarto set foi equilibrado do inicio ao fim, com as duas equipes se alternando na liderança. No final, a seleção brasileira chegou ao match point com 24 a 22 no placar, a um ponto de somar três tentos na tabela. No entanto, o passe, com bom aproveitamento durante todo o jogo, falhou no momento decisivo e a equipe não conseguiu fechar a parcial, que se arrastou até o trigésimo ponto. Em um ace de Chunlei Zheng, que veio do banco no primeiro set e mudou o jogo, a China conseguiu levar a partida para o tie break: 30 a 28.

O equilíbrio permaneceu no quinto set até a troca de quadra, quando as brasileiras arrancaram no placar e, com ótimas atuações de Thaísa, Sheilla e Fernanda Garay, fechou o set em 15 a 10 e o jogo em 3 sets a 2.

Apesar da vitória, a equipe brasileira ainda segue em situação delicada. No domingo (05/08), o time verde-amarelo enfrenta a Sérvia, lanterna do grupo, e precisa vencer por 3 a 0 ou 3 a 1 para somar três pontos. Além disso, torce para que o perdedor do duelo de logo mais entre Coréia do Sul e Turquia também perca na rodada final pelos mesmo placares. A Turquia enfrentará os EUA,
enquanto a Coréia encara a China.

Pontuação

Bola de segurança da levantadora Dani Lins durante toda a partida, Sheilla foi a maior pontuadora do duelo com 23 pontos, sendo 21 em ataques (com 44% de aproveitamento) e dois em bloqueios. Thaísa, com as emoções à flor da pele, marcou 22: 16 em ataques (61%) e seis em bloqueios. A central do Brasil chegou a chorar no banco de reservas no tie break, após errar um saque num momento crucial do jogo. Jaqueline contribuiu para o time com um bom passe, 15 pontos e sensacionais defesas. Fernanda Garay entrou bem no lugar de Paula Pequeno e aumentou o aproveimento do time no ataque, marcando 14 pontos.

Pela China, que se assustou no primeiro set com a agressividade brasileira, saíram ainda na primeira parcial Yimei Wang e Lei Zhang, para as entradas de Jinling Chu e Chunlei Zheng. E as duas atacantes mudaram a postura chinesa, que também passou a atacar duramente o Brasil: Chu marcou 15 pontos, enquanto a canhotinha Zheng foi a maior pontuadora do jogo com 24. Yunli Xu, que não conseguiu ser parada no meio, marcou 18.

Principal atacante chinesa, Rouqi Hui foi extremamente marcada pelo Brasil, sem com bloqueio triplo à sua frente, e marcou 13 pontos – e apenas 23% de eficiência nos ataques.

Brasil: Dani Lins (2), Sheilla (23), Jaqueline (15), Paula Pequeno (4), Thaísa (22), Fabiana (13) e Fabí (Líbero). Depois: Fernandinha, Tandara, Natália (1) e Fernanda Garay (14).

China: Qiuyue Wei (1), Lei Zhang (1), Yimei Wang (1), Ruoqi Hui (13), Yunli Xu (18), Yunwen Ma (2) e Xian Zhang (Líbero). Depois: Yang Mi, Jinling Chu (15), Junjing Yang (6), Chunlei Zheng (24) e Danna Shan.




Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Auto Notificar:
Translate »