Search
Wednesday 21 August 2019
  • :
  • :

BRB/Brasília encerra série de amistosos contra o Sesi-SP. Acompanhe como foram os confrontos

Crédito: Divulgação/Brasília Vôlei

Crédito: Divulgação/Brasília Vôlei

 

O BRB/Brasília Vôlei terminou a fase preparatória para a Superliga 16/17 na tarde desta quinta-feira (20/10). Fechando a série de amistosos com o Sesi-São Paulo, o Brasília venceu o último confronto por 3 sets a 0. As parciais foram 25/22, 25/19 e 25/11. No primeiro amistoso, realizado na noite de quarta-feira (19), o time da casa venceu por 3 sets a 0 (25/14, 25/18 e 25/21). Os duelos ocorreram no ginásio do SESI-Taguatinga.

 

Repetindo o septeto do primeiro jogo, o técnico Anderson Rodrigues escalou Macris, Paula Pequeno, Amanda, Roberta, Vivian, Andreia e Silvana de titulares.

 

O primeiro set começou melhor para o Brasília. Aproveitando melhor os contra-ataques, o time da capital abriu três pontos com uma paralela de Paula Pequeno (10/7). O 11/7 chegou no erro de ataque das paulistas. No bloqueio, a central Roberta ampliou (16/12). O Sesi-SP empatou (21/21), mas o set terminou 25/22.

 

Na volta para o segundo set, o Sesi voltou mais consistente e abriu quatro no marcador (3/7). O empate e a virada vieram em três jogadas seguidas da capitã Paula Pequeno. Na primeira, ela atacou no bloqueio. O segundo foi uma diagonal curta, sem chances para a defesa do Sesi e a terceira também foi explorando o bloqueio (9/8). Durante o set, Anderson promoveu a estreia da oposto Lê Bonardi, em casa, e no saque a levantadora Michelle Duarte, utilizando a inversão 5×1. Assim o Brasília fechou em 25/19 após bloqueio duplo de Vivian e Andreia.

 

O último set começou com o Brasília abrindo seis pontos a zero. A vantagem foi sendo construída com uma boa relação de passe e bloqueio e as paulistas não reagiram, terminando em 25/11.

 

Dos oito amistosos disputados na pré-temporada, o Brasília venceu cinco e empatou um. Sobre o fim do ciclo preparativo, Anderson explica que “o importante é acertar os erros e ganhar ritmo para iniciar bem a Superliga”. “É difícil falar como o time está no momento pois disputamos apenas amistosos, mas acredito que estamos no caminho certo. A cada dia estamos melhorando mais e vem a confiança pelas vitórias, porém treinar é diferente de jogar e vamos caminhando passo a passo”, afirma.

 

O entrosamento parece ser mesmo o ponto forte do grupo treinado por Anderson. Andreia e Macris vão, aos poucos, trazendo novamente a dupla campeã pelo Pinheiros. Já Amanda e Paula e Roberta e Vivian se sentem cada vez mais à vontade ao lado de Silvana e Andreia.

 

“O time tem uma característica de velocidade e a cada ano que passa, com a gente jogando juntas, conhecemos mais uma a outra e sabemos mais o momento de chamar a companheira para entender sentir como está o jogo. Todas as meninas, sem exceção, têm dado a parcela de contribuição para a evolução da equipe, desde os amistosos contra o Praia, em Uberlândia”, explica Amanda.

 

Atuando pela primeira vez no ginásio do Sesi-Taguatinga, a oposto Lê Bonardi comemora. “No Sesi é muito gostoso sentir a torcida, principalmente com as crianças que vieram aos amistosos. Foi demais porque o clima é muito caloroso”, finaliza.

 

Estreia fora

Agora o BRB/Brasília Vôlei volta a focar nos treinamentos diários para, no dia 28, às 19h30, entrar em quadra oficialmente diante do E.C. Pinheiros, em São Paulo. A partida não será transmitida pela TV.




Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Auto Notificar:
Translate »