Search
Wednesday 18 September 2019
  • :
  • :

CBV e clubes divulgam mudança na final da superliga masculina 2017/2018

Reunião aconteceu na sede da CBV. (Foto: Divulgação)

A sede da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) recebeu nesta quinta-feira (27.07) representantes das equipes da Superliga Masculina para a plenária que discutiu os últimos detalhes da temporada 2017/2018 da competição, prevista para ter início no dia 14 de outubro deste ano e terminar em 6 de maio de 2018. Da reunião também participaram o diretor executivo da entidade, Radamés Lattari, o diretor de Marketing, Douglas Jorge, o superintendente da Superliga, Renato D’Ávila, e a gerente de competições de quadra, Cilda D’Angelis.

No encontro, ficou definido que o principal campeonato de voleibol masculino do Brasil será realizado no naipe masculino em dois turnos, em que todas as equipes se enfrentarão entre si. Os oito melhores avançam para as quartas de final, que serão disputadas em série de melhor de três partidas. A fase semifinal, assim como na última temporada, será feita em melhor de cinco jogos.

A principal novidade para a próxima edição, a 23ª da história, é a fórmula da final, que será disputada em dois jogos, com cada finalista tendo o mando de um – a segunda partida, decisiva, terá mando do finalista mais bem posicionado na fase de classificação. Em caso de cada finalista ganhar um duelo, o desempate será feito no golden set, em que o vencedor fica com o troféu de campeão, independentemente dos placares dos jogos.

O superintendente da Superliga, Renato D’Ávila, destacou a maturidade demonstrada pelos clubes no debate da fórmula da competição masculina.

“Foi bastante produtivo o nosso encontro, em que as decisões visaram ao fortalecimento da Superliga como um dos pilares fundamentais no desenvolvimento do vôlei brasileiro”, comentou o dirigente.

Vôlei na televisão

Os três parceiros de transmissão televisiva – Rede Globo, RedeTV e SporTV – estão mantidos para esta temporada.

 

Já conferiu as promoções de camisas de vôlei na FutFanatics? Corre lá




8
Deixe um comentário

avatar
7 Comment threads
1 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
7 Comment authors
sagazCarlosHermes CorreiaIcaroCaio Recent comment authors
  Subscribe  
o mais novo mais velho mais votado
Auto Notificar:
sagaz
Visitante
sagaz

Foram os times masculino que exigiram a mudança e nao a CBV.Cabe aos times do feminino exigir também

Carlos
Visitante
Carlos

“As decisões visaram ao fortalecimento da Superliga”? Fortalecer a nossa Superliga, seria abrir uma vitrine decente aos patrocinadores para que os mesmos pudessem realmente investir em times de vôlei como acontece no futebol, assim criando uma liga forte e atrativa para jogadores de outras nações, como acontecem em outros campeonatos nacionais, nos quais os nossos próprios atletas, sonham em jogar.

Hermes Correia
Visitante
Hermes Correia

As mudanças são só p/o masculino?? E o feminino?? Vai continuar esse absurdo da final em partida única???

Icaro
Visitante
Icaro

Que o feminino sigo no mesmo caminho, queremos a final melhor de 5(meu sonho)!

Caio
Visitante
Caio

No mundo inteiro as finais em nenhum pais eh feito em jogo unico. Isso foi IMPOSTO no Brasil pela Rede Globo para caber na grade de programacao de domingo de manha. Soh aqui que acontecia essa aberracao. Excelente os times peitarem a emissora lixo.

Caio
Visitante
Caio

Acrescento que a Globo nao divulga o nome do patrocinador, ou seja tims como Rexona e Nestle viram Rio de Janeiro e Osasco. Isso diminui o interesse de empresas. Na Band, ESPN e Fox eles falam o nome do patrocinador como sendo o nome do time, como acontece no campeonato italiano. A Globo so ferra com o esporte, lixo mesmo.

Edevane
Visitante
Edevane

Terá video desafio ?

TITANIC 100 ANOS
Visitante
TITANIC 100 ANOS

PARABÉNS aos representantes pelas mudanças na final da superliga. É muito justo e mais atratrivo para o público acompanhar a final do seu time em casa e o golden deixa de ser um mero coadjuavante de competições estaduais pára estrear na mellhor e maior competição de volei do país. Agora e o feminino? vai seguir nos mesmos moldes?

Translate »