Search
Saturday 24 August 2019
  • :
  • :

Circuito Mundial: Fernanda/Bárbara e Ana/Rebecca vão às oitavas em Portugal

Fernanda Berti sobe alto no bloqueio em duelo na etapa do tour mundial. (Foto: Divulgação/FIVB)

O Brasil começou a etapa quatro estrelas de Espinho (Portugal) com duas duplas classificadas às oitavas de final no naipe feminino. Fernanda Berti/Bárbara Seixas (RJ) e Ana Patrícia/Rebecca (MG/CE) venceram os dois jogos do grupo nesta quinta-feira (18.07) e avançaram. Já Ágatha/Duda (PR/SE) venceram um jogo e perderam outro na chave, e disputarão a repescagem nesta sexta-feira (19.07).

No naipe masculino, apenas Guto e Saymon (RJ/MS) entraram em quadra, ainda pelo classificatório. Eles venceram e conquistaram uma das oito vagas em disputa para a fase de grupos do torneio. A parceria brasileira venceu os holandeses Boehle/Boermans por 2 sets a 0 (21/16, 21/14). Guto comentou a vitória e classificação.

“É ótimo jogar em Portugal, somos bem recebidos, os portugueses torcem por nós. Tivemos uma vitória importante, que nos coloca na fase de grupos. O vento está muito instável, é algo que temos que tomar cuidado, mas soubemos aplicar bem nossa estratégia. E a etapa é na praia, adoramos jogar nesta situação, com a areia tradicional. Esperamos fazer um bom campeonato, vamos trabalhar para isso”, disse o defensor carioca.

Guto e Saymon se juntam a Alison/Álvaro Filho (ES/PB), André Stein/George (ES/PB), Evandro/Bruno Schmidt (RJ/DF) e Pedro Solberg/Vitor Felipe (RJ/PB), que já estavam garantidos na fase de grupos pela posição no ranking de entradas ou convite.

No naipe feminino, as adversárias das brasileiras na repescagem e oitavas de final ainda serão sorteadas. Os confrontos serão atualizados no site da CBV. Fernanda Berti e Bárbara Seixas começaram a competição superando as finlandesas Ahtiainen/Lehtonen por 2 sets a 0 (22/20, 21/19). Horas depois, valendo a liderança do grupo F, as brasileiras venceram as eslovacas Dubovcova/Strbova por 2 sets a 0 (21/11, 21/19), garantindo vaga direta às oitavas de final. Fernanda analisou a boa estreia na etapa portuguesa e comentou a influência do vento.

“Os portugueses estão torcendo para as duplas brasileiras, isso é muito bacana, normalmente na Europa estamos sempre com torcida contra. O vento está bastante intenso, e mudando bastante de direção, isso dificulta um pouco, saber qual lado está melhor para sacar. Tivemos um bom controle nos jogos, impondo nosso ritmo”, disse Fernanda, que completou.

“Enfrentamos a Eslováquia no Campeonato Mundial, já tínhamos estudado muito elas, então entramos bastante preparadas. As finlandesas estão disputando poucos torneios, não havia tanto material, mas também conseguimos jogar bem. Foram resultados importantes, pois jogamos um jogo a menos amanhã. Quem for para a repescagem pode ter que disputar três partidas no dia. Demos um passo, mas sabendo que temos muito pela frente”.

Ana Patrícia e Rebecca estrearam vencendo as portuguesas Antunes e Oliveira por 2 sets a 0 (21/12, 21/12). Na segunda partida da chave, valendo a liderança do grupo A, vitória de virada contra as alemãs Ittlinger/Laboureur: 2 sets a 1 (20/22, 21/15, 15/10).

Ágatha e Duda iniciaram a participação no grupo C com vitória sobre as chinesas Meimei Lin e Jinjin Zeng por 2 sets a 0 (21/14, 21/15). Na segunda rodada, acabaram não conseguindo o triunfo sobre outra dupla chinesa, desta vez contra Xinxin Wang e Chen Xue, que venceram as brasileiras por 2 sets a 0 (21/18, 21/15).

A fase de grupos é composta por 32 times em cada naipe, divididos em oito chaves com quatro. Após a primeira fase, os primeiros colocados vão direto às oitavas de final, enquanto segundos e terceiros de cada grupo disputam uma rodada eliminatória anterior, da repescagem (Round 1). O torneio segue em formato eliminatório com oitavas, quartas, semifinais e disputas de bronze e ouro.

A competição em Espinho rende cerca de R$ 75 mil para os campeões dos naipes masculino e feminino. Ao todo, o torneio distribui cerca de R$ 1,1 milhão em premiação aos atletas, além de oferecer pontuação alta para o ranking internacional – 800 para os times vencedores (mesmo número para a corrida olímpica brasileira). Espinho recebe uma etapa pela 16ª vez no torneio masculino, e pela 11ª no torneio feminino.




Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Auto Notificar:
Translate »