Search
Saturday 16 November 2019
  • :
  • :

Clássico, disputas por posição e vaga nos playoffs movimentam última rodada da Superliga feminina

rodada final SL feminina

 

É certo que Rexona-AdeS termine a primeira fase da Superliga feminina de Vôlei na liderança, seguido do Dentil/Praia Clube. Também não há dúvida de que o Concilig/Vôlei Bauru, depois de longo namoro com o G-8, encerre a competição na décima posição. Contudo, para os outros nove times do campeonato, os jogos da  noite desta sexta-feita contam para sacramentar a classificação às quartas de final ou para definir os confrontos do mata-mata ou, simplesmente, para fugir da desonrosa situação de derradeiro da tabela. Veja quem ainda briga pelo quê:

 

VÔLEI NESTLÉ e CAMPONESA/MINAS – o time de Osasco e o de Belo Horizonte disputam o terceiro lugar na tabela. Na prática, quem se der melhor no embate tem a perspectiva de só enfrentar o Rexona-AdeS numa hipotética decisão – em ginásio neutro e em jogo único. O Nestlé tem um ponto a mais que o Minas, mas o desafio que se impõe aos dois times torna o Minas favorito na disputa: enquanto as mineiras jogam em São Paulo contra o São Bernardo, último colocado, o time de Osasco visita o Rexona, líder.

 

TERRACAP/BRASÍLIA e RIO DO SUL/EQUIBRASIL – nessa luta pelo quinto lugar, a vantagem da equipe do Planalto Central é flagrante. Com três pontos de vantagem sobre as catarinenses, o Brasília pega o Valinhos, no interior de São Paulo, precisando apenas vencer dois sets. O Rio do Sul, por outro lado, recebe o Praia Clube, acreditando que, se conquistar os três pontos e Valinhos vencer por 3-0 ou 3-1, o quarto lugar é seu, já que teria mais vitórias do que o Brasília.

 

SESI, PINHEIROS/KLAR e SÃO CRISTÓVÃO SAÚDE/SÃO CAETANO – no jogo mais dramático da noite, São Caetano e Pinheiros se enfrentam no ABC Paulista por uma vaga nos playoffs. Com dois pontos de vantagem, o Pinheiros só precisa ganhar dois sets para ocupar o lugar ainda em aberto. Mas, se vencer o jogo, o Pinheiros ainda pode ultrapassar o Sesi, sétimo, que tem só um ponto à frente e joga contra o Bauru, fora de casa, deixar que time da Vila Leopoldina encare o Rexona nas quartas.

 

RENATA VALINHOS/COUNTRY e SÃO BERNARDO – os dois times ocupam a zona de rebaixamento, com apenas sete pontos conquistados, e não sairão dela. Ao menos, no entanto, a rodada vale para o tradicional time de São Bernardo e o novato Valinhos fugir da posição de lanterna do nacional. Valinhos recebe o Brasília, enquanto São Bernardo joga contra o Minas, em casa.

 

O SporTV transmite o clássico do vôlei brasileiro, entre Rexona-AdeS e Vôlei Nestlé. Todos os jogos começam às 21h30. Veja a tabela dos jogos desta sexta-feira, 11ª rodada do returno da Superliga feminina:

 

Rexona-AdeS x Vôlei Nestlé
Camponesa/Minas x São Bernardo
Rio do Sul/Equibrasil x Dentil/Praia Clube
Renata Valinhos/Country x Terracap/Brasília
São Cristóvão Sáude/São Caetano x Pinheiros/Klar
Concilig/Vôlei Bauru x Sesi




Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Auto Notificar:
Translate »