Search
Friday 6 December 2019
  • :
  • :

Com algumas surpresas, Rússia libera lista da equipe feminina para a Olimpíada

Crédito: Divulgação/FIVB

Crédito: Divulgação/FIVB

 

Nesta segunda-feira (25/07), a Federação Russa de Voleibol liberou a lista final das 12 jogadoras que representarão o país no Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. As surpresas ficaram por conta das ausências da levantadora Evgeniya Startseva, da central Ekaterina Lyubushkina e da ponteira Ksenia Ilchenko. A oposto Natalia Malykh também já havia sido cortada e foi uma das surpresas do selecionado.

 

A Rússia estreia na maior competição do ano no dia 06 de Agosto, contra a Argentina. Confira a lista completa do técnico Yuri Marichev:

 

Levantadoras:
Ekaterina Pankova
Vera Vetrova

Opostos:
Natalia Goncharova
Daria Malygina

Centrais:
Irina Zaryazhko
Anastasia Samoilenko
Irina Fetisova

Ponteiras:
Irina Voronkova
Tatiana Kosheleva
Yana Shcherban

Líberos:
Anna Malova
Elena Ezhova

 

 

Daniel Rodrigues

 

 

 




7
Deixe um comentário

avatar
3 Comment threads
4 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
7 Comment authors
JulianoJuniorKosheleva MaravilhosaTallesVera Mossa Recent comment authors
  Subscribe  
o mais novo mais velho mais votado
Auto Notificar:
Junior
Visitante
Junior

Confesso que achava que a Ekaterina Bogacheva era um nome certo. Mas pelo visto ele percebeu que uma quarta central é só para animar a torcida mesmo ~cof cof~

Duas líberos, assim como Japão e os EUA em Olimpíadas passadas, para quem dizia ser impossível…

Kosheleva Maravilhosa
Visitante

A Kosheleva se recuperou…. a Kosheleva vai viiiir….Ebaaaa !!!!

Pavlov
Visitante
Pavlov

No que ainda é possível para as russas, Marichev melhorou a seleção com Voronkova e uma levantadora experiente e campeã Mundial: Akulova. Starteseva era muito eficiente quando Sokolova e Gamova comandavam a Rússia. Sem elas, Starteseva virou banco. Voronkova é uma atacante de explosão, força e saca muito forte. Deverá ser a substituta de Gamova no Dinamo Kazan. Voronkova pode ir adaptando se aos jogos pouco a pouco. Não conheça o desempenho dela na recepção. Interessante foi que o técnico manteve a jovem altíssima como 2 oposta: ao que parece ela deverá ser a substituta de Gamova na seleção no… Ler mais »

Fernando
Visitante
Fernando

Amigo, ele convocou a Vera Vetrova, que sim foi campeã mundial em 2010, mas que não tem nada a ver com aquela outra levantadora, a Marina Akulova.

Vera Mossa
Visitante
Vera Mossa

Exato, Fernando. Akulova é uma outra jogadora. O time russo vai sofrer com o passe. Se Kim e cia e Saori e cia estiverem num dia de graça, coitadas das grandonas. Starstseva não jogou a final six da Champions League – como tbm a babuina da Gamova – e isso ratifica mais ainda o caso doping ( aquela intoxicação alimentar está muito mal contada). Enfim, gosto demais da Kosheleva. Pecado que seja russa. Força Brasilllll

Talles
Visitante
Talles

Meus caros, a Rússia, mesmo com a deficiência na recepção de sempre, acredito que não terá dificuldades no seu grupo, principalmente por causa da volta de Kosheleva. Com ela, o selecionado russo se agiganta. Podem encontrar algumas dificuldades talvez contra Coréia, mas, mesmo assim, deve dar Rússia, ainda mais agora depois do susto de ficarem de fora da Rio 2016.

Contra o Brasil, que tem um time muito melhor, não será jogo dos mais fáceis, como foi no Grand Prix, pois o time delas estava desfalcado.

Juliano
Visitante
Juliano

KKKKK olha a viagem. Startseva com certeza está fora por suspeita de cair no dopping. Na liga dos campeões, fizeram um teste de doping e estranhamente Gamova e Startseva nem foram porque estavam com uma intoxicação alimentar. E a gente acredita? Ainda mais depois do escândalo atual. O gigante russo do masculino tbm n deve ter ido pelos msms motivos. E olha q rolou noticia de q que pelo menos 9 do tme masculino deram positivo para doping em Londrrs. Ngm na Rússia e louco. Só n levou o q poderia pq poderiam desclassificar. Acham msm q Gomova saiu fácil… Ler mais »

Translate »