Search
Thursday 5 December 2019
  • :
  • :

Com retorno de Jaqueline ao time titular, Brasil estreia com vitória sobre a China no Grand Prix

Créditos: Divulgação/FIVB

A estreia da seleção brasileira no Grand Prix não poderia ter sido melhor.

Contando com o retorno da ponteira bicampeã olímpica Jaqueline ao time titular, a seleção feminina iniciou sua trajetória na competição com vitória sobre a forte e jovem equipe da China por 3 sets a 1, parciais de 25-21, 23-25, 25-17 e 25-16, em uma hora e cinquenta e dois minutos de partida.

A China começou melhor a partida e foi para o primeiro tempo técnico com um de vantagem (8/7). Bem nos contra-ataques, as chinesas abriram três (11/8). O time asiático seguiu melhor e fez 16/12. O treinador José Roberto Guimarães inverteu o cinco e um. Entraram Fabíola e Monique e saíram Sheilla e Dani Lins. A substituição fez bem ao Brasil que encostou (17/15). Com uma boa sequência de saques da levantadora Dani Lins, o time verde e amarelo empatou (20/20). O Brasil assumiu a liderança no final da parcial e venceu o set por 25/21.

O Brasil voltou bem para o segundo set e fez 5/2. Com boas atuações e variações de ataque, a China cresceu de produção e abriu quatro (16/12). Com bom volume de jogo, as atuais campeãs olímpicas encostaram no marcador (18/16). A ponteira Jaqueline fez três importantes pontos e o Brasil abriu dois (21/19). O final do set foi equilibrado, mas as chinesas foram melhores nos momentos decisivos e venceram a parcial por 25/23.

O terceiro set começou equilibrado. A bicampeã olímpica Thaísa conseguiu um ponto de bloqueio e o Brasil abriu dois (6/4). A China voltou a defender bem e a parcial ficou equilibrada (10/10). Com um ace da central Thaísa, o time verde e amarelo voltou a abrir dois (12/10). O ataque brasileiro era eficiente pelas pontas e as atuais campeãs da competição fizeram 16/11. O Brasil seguiu na frente até o final da parcial e venceu o terceiro set por 25/17.

O Brasil seguiu melhor no início do quarto set e fez 4/0. A levantadora Dani Lins conseguiu um ace e as brasileiras mantiveram a vantagem (11/8). Bem no bloqueio, a China empatou (14/14) e conseguiu a virada com um ace (15/14). As bolas de velocidade da levantadora Dani Lins voltaram a funcionar e o Brasil abriu três (18/15). As brasileiras seguraram a vantagem até o final e venceram o quarto set por 25/16 e o jogo por 3 sets a 1.

A ótima distribuição de Dani Lins fez as atacantes do Brasil terminarem com uma pontuação muito equivalente.  A maior pontuadora do jogo foi a ponteira Fernanda Garay, com 19 pontos (15 em ataques e 4 em bloqueios). A central Fabiana marcou com 18 pontos (12 em ataques, 5 em bloqueios e um de saque), seguida por Thaisa, com 16 pontos (9 em ataques, 5 em bloqueios e dois em saques). Nossa ponteira de preparação, Jaqueline fez uma estreia de gala e marcou 15 pontos (13 em ataques, 1 em bloqueio e 1 em saque), garantindo também o equilíbrio da nossa recepção e defesa ao lado de Camila Brait.

Pelo lado chinês, a maior pontuadora foi a jovem ponteira Ting Zhu, com 24 pontos, sendo 23 deles em ataques e um de bloqueio. Chunlei Zheng e Ruoqi Hui vieram em seguida, com 13 pontos cada uma.

Brasil – Dani Lins, Sheilla, Jaqueline, Fê Garay, Thaísa e Fabiana. Líbero – Camila Brait. Entraram: Natália, Fabíola, Andréia e Monique. Técnico: José Roberto Guimarães.

China – Zhu, Yang, Zeng, Xu, Hui e Wang. Líbero – Zhan. Entraram: Liu, Wei, Yang, Yuan e Wang. Técnica – Lang Ping 




Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Auto Notificar:
Translate »