Search
Thursday 14 November 2019
  • :
  • :

Dani Lins analisa segunda derrota para os EUA

Brasil e EUA voltam a se enfrentar em Uberaba nesta quinta-feira (16). (Foto: Wander Roberto/Inovafoto/CBV)

A seleção feminina brasileira de voleibol entrou em quadra na noite desta terça-feira (14.08) para mais uma partida amistosa contra os EUA. Desta vez jogando em Uberaba (MG), no Centro Olímpico – UFTM, o Brasil não conseguiu o resultado positivo. As norte-americanas acabaram levando a melhor por 3 sets a 0 (29/27, 25/23 e 25/18), em 1h20 de duelo. A oposta Tandara marcou 16 vezes e foi a maior pontuadora da partida.

De volta à seleção após a gravidez da primeira filha, a levantadora Dani Lins começou o jogo desta terça-feira entre as titulares. Esta foi a primeira partida da atleta na seleção principal após o retorno. Apesar do resultado não ter sido o ideal, Dani avaliou como positiva a atuação da equipe.

“Este foi o meu primeiro jogo depois de 13 meses praticamente parada, mas foi um jogo bom. Estamos ainda buscando o entrosamento, eu principalmente. A gente vai aprendendo a cada jogo, acho que vamos evoluindo. Vamos estudar este jogo de hoje para melhorarmos nosso padrão, queremos jogar com velocidade, como as próprias americanas, mas vamos melhorando a cada partida”, disse Dani Lins.

Além de começar com Dani Lins no time titular, o treinador José Roberto Guimarães também optou por outras duas mudanças na equipe em relação ao primeiro jogo em Brasília (DF), a ponteira Rosamaria e a central Carol iniciaram o confronto no lugar de Gabi e Adenízia. O técnico da seleção brasileira também enxergou melhorias no desempenho em relação ao compromisso anterior.

“Tivemos alguns erros cruciais em momentos do jogo que tivemos chances e que custaram a vitória. Temos alguns ajustes a serem feitos ainda, tivemos dificuldades no passe, cedemos alguns pontos quando tínhamos o contra-ataque, mas já vi uma melhora no volume de jogo, e acredito que na terceira partida desta série apresentaremos mais evolução”, comentou o treinador.

Brasil e EUA ainda se enfrentarão mais duas vezes nesta semana. Na próxima quinta-feira (16.08), os dois times voltam à quadra do Centro Olímpico – UFTM, em Uberaba, às 20h. No sábado (18.08) as equipes encerram a série de quatro amistosos em partida realizada no Maracanãzinho, no Rio de Janeiro (RJ), às 19h30. Ambas partidas com transmissão do SporTV.




4
Deixe um comentário

avatar
4 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
2 Comment authors
Sergio CastroJosé Sérgio Moreira de Castroduca_ff Recent comment authors
  Subscribe  
o mais novo mais velho mais votado
Auto Notificar:
Sergio Castro
Visitante
Sergio Castro

Tecnicamente e uma das seleções mais fracas dos últimos 15 anos. Elas tem garra, vontade de jogar, mas s’ao sofríveis no aspecto técnico. Que ponto chegou a nossa seleção!!! E tudo indica que no horizonte ainda n’ao apareceu nenhuma atleta que consiga apresentar um voleibol diferenciado da media mundial.

Sergio Castro
Visitante
Sergio Castro

Ta feia a coisa. Perder para a seleção B dos Estados Unidos dessa maneira mostra que o nosso voleibol não tem futuro nesse mundial.

José Sérgio Moreira de Castro
Visitante
José Sérgio Moreira de Castro

Realmente essa seleção brasileira ainda está num nível bastante aquém do que acostumamos ver nesses últimos anos. O nível técnico caiu muito. Vemos uma Rosa Maria se esforçando muito mas que não tem uma técnica mais apurada. Não estamos mais sacando como antigamente. Muitos erros nos saques. As nossas atacantes parecem as atletas do Chile, Paraguai, sem nenhuma condição de enfrentar seleções com técnicas mais apuradas. Olha que a seleção dos Estados Unidos é o time “B” e o que o Brasil apresentou é o melhor que se tem no momento. Se elas mantivessem um nível de jogo acelerado, a… Ler mais »

duca_ff
Visitante
duca_ff

Para quem sonhava com um mundial, esta não era a hora para “aprender” e sim de por em prática a lição de casa, assim como a seleção americana… Brasil tem uma longa subida para percorrer para voltar ao topo, mas para isto é necessário uma RENOVAÇÃO já! Assim como ocorreu entre 2001 e 2002 quando se mudou TUDO inclusive a comissão. O que não pode é se estacionar e querer se viver de passado.

Translate »