Search
Tuesday 11 December 2018
  • :
  • :

De volta ao Minas, Karine realiza sonho e afirma: “Aqui é minha casa”

Crédito: Divulgação/Minas Tênis Clube

Crédito: Divulgação/Minas Tênis Clube

 

Logo no início da entrevista ao site do Minas Tênis Clube, Karine Guerra, novo reforço do Camponesa/Minas para a temporada 2016/17, fez questão de destacar: “Realizo um sonho antigo de família”. Com essas palavras e muito sorridente, a levantadora, de 37 anos, não esconde a satisfação de voltar a vestir a camisa do clube que, segundo ela, tem a melhor estrutura do Brasil. Devido ao período de gestação, a atleta está afastada das quadras desde as quartas de final da Superliga 2014/15. Agora, 11 meses após o nascimento de sua primeira filha (Anna), Karine treina duro para iniciar sua 28ª temporada na carreira.

 

A experiente jogadora tem no currículo passagens por grandes clubes brasileiros e do exterior. Depois de defender o Minas na temporada 2007/2008, passou por Pinheiros, Osasco, São Bernardo, Brusque, Suzano, Recreativa de Ribeirão Preto e Praia Clube. Também já defendeu os espanhóis Tenerife Marichal e AD Aguere, o Nocera Umbra, da Itália, e o Volero Zurich, da Suíça. Karine Guerra é gaúcha de Caxias do Sul, tem 1,76m e conquistou, entre outros títulos, o Mundial de Clubes em 2012, a Superliga 2011/12, o bicampeonato sul-americano de Clubes em 2011 e 2012 e a Supercopa da Espanha em 2008.

 

Além de atleta, Karine é sócia do Minas há alguns anos. Ela revela que sempre quis voltar a defender o clube, mas, por conta outros fatores, o retorno só foi possível nesta temporada. Para a atleta, jogar novamente pelo Minas é realizar um antigo sonho de família. “Desde que eu saí daqui, houve oportunidades e conversas para eu voltar, mas galguei outros espaços. Estou muito feliz em voltar. Aqui é minha casa. Meu marido foi criado aqui dentro, e eu, como sócia do clube, me orgulho em defender essas cores”, disse Karine, com a mão direita no peito. “Outro dia, após um treino, meu marido estava com nossa filha no colo. Ele me olhou com o uniforme da equipe e disse: ‘realizamos um sonho antigo e nem imaginávamos que isso aconteceria’”, completou.

 

Com ampla experiência e passagens por diversos clubes, Karine destaca a boa estrutura do Minas que, para ela, é a melhor do Brasil. “O Minas foi o primeiro time grande em que joguei. Na verdade, é o melhor time que eu já joguei em termos de estrutura. Estive em vários lugares e conheci muitos clubes, mas, sem sombras de dúvidas, aqui tem a melhor estrutura do país. Acho que, por isso tudo, estou tão feliz em voltar. Tenho um carinho muito grande pelo clube”.

 

O último jogo oficial de Karine foi em abril de 2015, quando estava com cinco meses de gravidez e defendia o Dentil/Praia Clube, eliminado pelo Camponesa/Minas nas quartas de final da Superliga. Por ter ficado fora das quadras por quase 15 meses, ela tem se esforçado ao máximo para voltar à melhor boa forma e acredita que a maternidade vai ajudá-la em quadra. “Sempre fui uma atleta muito madura, mas faltava alguma coisa, que era a maternidade. Sou uma atleta experiente e muito mais madura. Estou ansiosa para voltar às quadras e colocar esse amadurecimento no meu jogo. Sinto-me uma menina, e isso é muito bom. Fiquei um ano fora das quadras e estou descansada, fiz uma limpeza. Venho com muita alegria para fazer o que gosto e onde adoro estar”.

 

Para a torcida minastenista, Karine manda um recado: “Jogar contra o Minas é péssimo. A torcida pega pesado e é muito barulhenta. Joguei contra várias vezes e posso afirmar, não é fácil. Agora, do lado de cá, espero que todos joguem ao nosso lado e que possamos conquistar bons resultados. O apoio do torcedor é importante, e ele pode ter certeza, estou muito feliz por voltar e vou defender o Minas com todas as minhas energias”, finaliza Karine, que volta ao Clube depois de quase oito anos.

 

Fonte: http://minastenisclube.com.br/esportes/volei-feminino/




3
Deixe um comentário

avatar
2 Comment threads
1 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
3 Comment authors
Natalhaeva Volochovos IvnaovaCarolFernando Recent comment authors
  Subscribe  
o mais novo mais velho mais votado
Auto Notificar:
Carol
Visitante
Carol

Boa reserva para a Naiane.
Mas ponteira passadora de qualidade, que é o que estamos precisando, NADA. Acorda Minas.

Natalhaeva Volochovos Ivnaova
Visitante
Natalhaeva Volochovos Ivnaova

Tá rolando que estão negociando novamente com a Jaqueline, caso achem investidor, patrocinador.

Fernando
Visitante
Fernando

Vamos ver se ela não deixa o clube na mão como fez com o Praia. Achei uma sacanagem o que ela e a Tandara fizeram. O clube investe pesado, paga os salários em dia, oferece toda a estrutura para as atletas, daí elas vêm e agradecem desfalcando o time quando ele mais precisou.

Translate »