Search
Sunday 17 February 2019
  • :
  • :

Destaque no Qatar, Robinho encara líder da competição neste sábado (19)

Na última rodada, Robinho (#9) marcou 43 pontos. (Foto: Ibrahim/Divulgação)

Em sua primeira temporada jogando no exterior, o ponteiro Robinho aceitou o desafio de vestir a camisa do Al Khor Sport Club, no Qatar (Oriente Médio), e vem se destacando na competição nacional. Neste sábado (19), a equipe do brasileiro encara o líder Police Union, único invicto do torneio e que soma 11 vitórias. O torneio é promovido pela Qatar Volleyball Association (QVA) e conta com 10 equipes.

Com o reforço de Robinho na atual temporada, o Al Khor vem apresentando resultados melhores. “O grupo conta comigo e mais um estrangeiro da Bósnia. Apesar de não ter o mesmo investimento dos maiores times, os números deste ano são superiores ao do ano passado. Cheguei em outubro de 2018 e, inicialmente, o idioma atrapalhou um pouco. Hoje, já estou adaptado e conto com o apoio de amigos brasileiros que vivem aqui”, disse.

Além do crescimento profissional, a vivência em um país do Oriente Médio motiva o ponteiro. “O desafio de estar no Qatar é grande, a cultura é totalmente diferente e a gente precisa se adaptar. Meu time me vê como referência e eu me esforço bastante para corresponder às expectativas. É um grande desafio, mas muito prazeroso”, comemora.

Na última rodada, o Al Khor perdeu para o Al Gharafa por 3 sets a 2 (26/24, 25/22, 22/25, 26/28 e 15/10), mas Robinho deixou a quadra com expressivos 43 pontos marcados. A boa fase do atleta é o trunfo do time para surpreender os grandes. “A liga aqui é equilibrada e, mesmo um time estando mais abaixo na tabela, é possível vencer quem está no topo. Sabemos das dificuldades, mas vamos em busca de uma boa apresentação”, disse.

Robson Rodrigues Wan Der Maas tem 23 anos e 1,88m e atua no esporte há quase uma década, sendo quatro anos como profissional. Parte da formação nas categorias de base do jogador aconteceu pela equipe de São Caetano (2014-2015). Na sequência, ele reforçou a equipe de Caramuru Vôlei, conquistando a Superliga B de 15/16, além de ter disputado a elite do esporte na temporada seguinte. As boas apresentações renderam convite para defender o Vôlei Canoas (17/18), última equipe do brasileiro antes da ida ao exterior.




Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Auto Notificar:
Translate »