Search
Saturday 16 November 2019
  • :
  • :

Em Bauru, Sesi reencontra a vitória para escapar do Rexona nas quartas

Crédito: Marina Beppu/Vôlei Bauru

Crédito: Marina Beppu/Vôlei Bauru

 

Depois de um mês e meio – ou seis rodadas – sem vencer, o Sesi conseguiu três pontos na hora H e manteve a sétima posição na primeira fase da Superliga feminina de Vôlei. Contra o já eliminado Concilig/Vôlei Bauru, o time do técnico Juba conseguiu a primeira vitória desde a saída de Talmo de Oliveira do comando da equipe e evitou um duelo contra o Rexona-AdeS nas quartas de final.

 

Na primeira rodada dos playoffs, o time da Vila Leopoldina vai jogar contra o Dentil/Praia Clube, segundo colocado na competição, a quem enfrentou três vezes nesta temporada: as sesistas venceram no turno, em São Paulo, por 3 a 2, e perderam no returno, em Uberlândia, por 3-0, e na Copa Brasil, também em Minas, no tie break.

 

Sesi venceu Bauru por 3 sets a 1, com parciais de 27-25, 20-25, 25-22, 25-16. No terceiro set, quando levar o jogo para o tie break significaria queda da sétima para a oitava posição, o time da capital paulista conseguiu reverter uma desvantagem de 19 a 15 para as anfitriãs. Caso vencesse por 3-2, o Sesi somaria dois pontos e seria ultrapassado pelo Pinheiros.

 

A central Bia, com 18 pontos, sete só no bloqueio, ganhou o Troféu VivaVôlei. A ponteira Jaqueline, com 14 pontos no total e 40% de eficiência no ataque, foi a segunda pontuadora do time. A oposta Bruna Honório, com 20 acertos, foi a maior anotadora da partida, na despedida do Concilig/Bauru em sua Superliga de estreia.




Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Auto Notificar:
Translate »