Search
Tuesday 16 July 2019
  • :
  • :

Em discurso emocionado, Mari Paraíba se manisfesta após o corte

Crédito: Herica Suzuki

Crédito: Herica Suzuki

 

 

Nesta terça-feira (12/07), foi divulgado mais um corte da Seleção Feminina para os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro: a ponteira Mari Paraíba. Campeã do Grand Prix no último domingo, a jogadora postou em suas redes sociais, manifestando alegria em relação ao seu primeiro ouro com a seleção e agradecendo a oportunidade, mesmo após a notícia do corte. Confira na íntegra o texto tocante da atleta, que defenderá o Volero Zurich, da Suíça, na temporada 2016/17:

 

“Saquarema, treinos, casa, Saquarema, treinos, viagem, Grand Prix, China, Turquia, Tailândia, treinos, treinos, convívio, jogos, decisão. Ufa! E enfim o ouro que trago de volta com o maior orgulho. Orgulho por poder representar a minha nação, dedicando meu tempo ao que mais amo, que é o vôlei. Todo esforço, desgaste, saudade e nossas renúncias valem a pena diante da alegria que é conquistar o primeiro lugar com a seleção brasileira.

Aprendi a conviver com tudo que o esporte e a vida de atleta me reservam, inclusive com as notícias, que às vezes não são as melhores, mas que me trazem sempre o sentimento de gratidão.. Hoje volto da seleção com a notícia do meu corte para as Olimpíadas, mas sinto meu coração em paz e grato por saber que mesmo não indo, me sinto parte de tudo isso, e vou torcer com a mesma intensidade que entro em quadra para que o Brasil chegue ao lugar mais alto do pódio.

Diante disso, só tenho a agradecer. Obrigada à todas as meninas da seleção, minhas companheiras de equipe, viagens, treinos, risadas, angústias, que compartilharam comigo de forma tão intensa esses momentos mais do que valiosos… Além delas, meu agradecimento especial à toda a comissão técnica, que confiou em mim e me escolheu como opção para representar o país e o esporte brasileiro nesse tempo. Foram momentos preciosos de grande aprendizado e conquistas especiais. Desejo toda Sorte do Mundo a todos(as) e Que Deus possa Abençoar nosso Brasil com mais esse ouro Olímpico ????????”




10
Deixe um comentário

avatar
8 Comment threads
2 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
10 Comment authors
l.mesquitaDuka RelliDaniPerlonNaurides Camargo Recent comment authors
  Subscribe  
o mais novo mais velho mais votado
Auto Notificar:
l.mesquita
Visitante
l.mesquita

Leia fez uma excelente final de Grand Prix, mas tem menos experiência internacional que Brait e costuma se contundir com mais frequência. Acho prudente o Zé levar 2 líberos e revezá-las durante o jogo, assim, por exemplo, a Leia não ficaria sobrecarregada e diminuiria a probabilidade de contusão. Eu revezaria Brait e Leia, usando Brait como líbero de defesa e Leia como líbero de passe. A seleção brasileira não pode se dar ao luxo de perder uma líbero numa competição de tiro curto como é a Olimpíada, já que o Brasil depende muito do passe para Fabiana e Thaisa atacarem.… Ler mais »

Duka Relli
Visitante
Duka Relli

Comovente o texto da linda ‘Mari Brasileira do Vôlei’. Que Mari utilize esse oportunidade para o seu enriquecimento de vida, por ter passado por varias culturas, mesmo que tenha sido breve, por enquanto. Mas, o mais importante acho, é você passar para as outras atletas iniciantes, dizer a eles que vale a pena fazer o que gosta, os frutos vão ser colhidos se você plantar. Parabéns! Vc fez a sua parte.

Dani
Visitante
Dani

Nada mais que o esperado! Acho ela uma boa jogadora e vai aprender muito no vôlei europeu na próxima temporada! principalmente a atacar! já que normalmente só fica nas largadinhas…

Naurides Camargo
Visitante
Naurides Camargo

Mari, nada como a consciência tranquila. Como profissional deve encarar esse desafio como natural na sua carreira. Desistir nunca e, na próxima oportunidade, encarar com coragem e alegria. É doloroso ao “cortado” e a quem “corta”, pode ter certeza. De um grupo tão alargado, com várias opções e diferentes estratégias uma comissão técnica faz o seu trabalho, espero, com o maior dos profissionalismos. Siga em frente, sempre fazendo o bem, para si e aos seus colegas de trabalho. Um abraço e o meu reconhecimento a uma atleta que o Brasil deve levar em conta.

Perlon
Visitante
Perlon

Enfim, algumas pessoas com bom senso. Fala sério. o Zé Roberto toma decisões com sua comissão. Ninguém vai a um torneio para passear. Nos bastidores, existe um trabalho árduo de todos. O fato de ser cortada, não quer dizer que ela não está bem, porém, entre as 5 ponteiras, poderia ser aquela que menos contribuiria, na visão da comissão técnica. É isso.

Fabio
Visitante
Fabio

Acredito que todos nós já sabíamos que a possibilidade dele estar na Olimpíada era quase zero mas ela poderia ao menos ter sido testada ou jogar um set completo. Mas ela ainda é nova e tem a possibilidade de estar em 2020.

Géssica
Visitante
Géssica

Parabéns para a Mari, mesmo sabendo que era improvável sua convocação aos jogos (NÃO IMPOSSÍVEL)….fez seu papel e aproveitou, não fez como uma outra jogadora que pediu dispensa achando que era impossível.

#ElMorumbiTeMata
Visitante
#ElMorumbiTeMata

Cortada sem ao menos ter sido testada, e quando o ZRG a colocava, era na fogueira. Como ter cabeça fria nesse momento? Enfim, a panela maldita prevaleceu mais uma vez.

Juliano
Visitante
Juliano

De certa forma, o teste dela foi no pan no ano passado. E se viu q ela ficou devendo mt no ataque. Por mais q a gente fale q n foi testada, é óbvio q ela foi mt analisada nos treinos e n respondeu a ponto de ameaçar a Gabi.

Natalhaeva Volochovos Ivnaova
Visitante
Natalhaeva Volochovos Ivnaova

Pra ela foi um corte bem natural, além do turismo gratuito que ela fez, conheceu outras culturas, enfim, fez seu papel.

Translate »