Search
Tuesday 19 September 2017
  • :
  • :

Em entrevista exclusiva, Dani Lins fala sobre a carreira e o Campeonato Mundial

Por Junior Barbosa

Foto: Divulgação

Nos últimos 10 anos, o final das temporadas nos clubes significava o início das maratonas de jogos pela seleção brasileira. Assim foi a vida da levantadora Dani Lins na última década. Porém, a temporada 2017/2018 será diferente. Em uma conversa exclusiva com o Melhor do Vôlei por telefone, a medalha de ouro nas olimpíadas de Londres falou sobre a decisão de não jogar neste período com o objetivo de se dedicar a projetos pessoais, principalmente para realizar o desejo de ser mãe.

 

Em 2015, Dani Lins retornou a Osasco e acertou com o Vôlei Nestlé. A renovação seria simples, mas ela já tinha em mente a pausa. “Estou muito tranquila. Foi algo que amadureci com o meu esposo (Dani é casada com o central do Corinthians, Sidão) e me programei. Nem lembrava direito a última que parei por um mês para conseguir realmente descansar. Agora, é me cuidar e torcer para que a gravidez aconteça. Todo mundo já está perguntando, mas serei a primeira a dar a notícia”, acrescentou.

 

Foto: Reprodução/Instagram

Dani também se mostrou aliviada com o apoio que recebeu dos seus treinadores. “Conversei bastante com o Luizomar (técnico do Vôlei Nestlé) e o clube respeitou a minha decisão. Quando liguei para o (José Roberto Guimarães, técnico do Brasil), ele disse: ‘vá e realize o seu sonho’. Confesso que até assustei, mas fiquei muito feliz com o carinho recebido”, disse.

 

Mesmo com a pausa, os cuidados para manter o físico continuam. “Há poucos dias, voltei de leve e nesta semana já peguei pesado. O meu corpo já estava sentindo falta dos exercícios. Mesmo com a gravidez, manterei uma rotina que garantirá minha volta em boas condições. Retornarei 100% e ainda mais motivada. Podem contar com isso”, frisou.

 

Seleção e volta às quadras

 

Aos fãs, ela avisa que volta para disputar o Campeonato Mundial de 2018 (único título que falta para o país) e almeja seguir como um dos pilares do Brasil para o restante do ciclo olímpico. Entre os planos, jogar na Europa pode acontecer em breve.

 

“Os clubes dão todo o suporte para a jogadora que é mãe. A liga italiana voltou a crescer bastante e tem uma estrutura incrível. A Turquia também oferece ótimas condições. Se acontecer, irei sem problemas. Este é outro sonho que tenho, sem falar da oportunidade de enfrentar as principais jogadoras do mundo. Pode ser um diferencial a ser usado a favor da seleção”, anunciou.

 

Na torcida

 

A entrevista aconteceu enquanto o Brasil estreava no Grand Prix 2017 contra a Bélgica. Até a volta, Dani Lins será uma torcedora de carteirinha. “Enquanto as meninas estão jogando, eu dou uma corridinha na esteira” (risos).

 

Invasão no Instagram do MDV

 

Nesta quarta-feira, 12/07, a campeã olímpica vai invadir os Stories do Melhor do Vôlei. Quer acompanhar ao vivo toda a rotina da levantadora brasileira? Então segue a gente lá: @melhordovolei

 

Já conferiu as promoções de camisas de vôlei na FutFanatics? Corre lá

10




Deixe um comentário

21 Comentários em "Em entrevista exclusiva, Dani Lins fala sobre a carreira e o Campeonato Mundial"

Auto Notificar:
avatar
Ordenar por:   o mais novo | mais velho | mais votado
JUJU
Visitante

Que legal. Esperaremos por você ansiosos. Excelente jogadora e maravilhosa pessoa. Decisão acertada.

Israel
Visitante

Mesmo não sendo minha preferida, Dani é uma jogadora espetacular, tem um toque maravilhoso, mas peca com as bolas altas. Mesmo com os altos e baixos, o que ela fez em Londres sempre será lembrado.

zabele
Visitante

Da Lins e Fabiola, PELO AMOR DE DEUS, VOLTEM PRA SELEÇÃO, É DESESPERADORA A SITUAÇÃO KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK ROBERTAJACA NINGUÉM MERECEEEEEEEEEEEE, DANI E FABIOLABLOQUEIAM SAO ALTAS, DEFENDEM MUITO, SACAM BEM E CLARO LEVANTAMENTO É EXCELENTE,
BOA SORTE NA SUA PAUSA, DESCANSE BEM E DESEJO MUITA SAUDE PRA VOCE COM SEU BEBE LINDAAAAAAAAAAAA

Zeca
Visitante

Parabéns Dani estou certo que vem uma Danizinha aêh bem alta….Boa sorte 🍀 a vcs nesta jornafa

Spê
Visitante

Volta Dani, pelo amor de Deus!. Traz junto Thaísa, Garay, Jaqueline, Fabíola, Jucy, Leia e tirem esse time da mediocridade. Chega de passar vergonha. A equipe titular ideal: Dani, Thaísa, Bia, Garay, Jaque, Tandara e Leia. Com Rosa de oposta na inversão. Natália já provou que não é jogadora de seleção. Só funciona em clube.

Susi
Visitante

Quem eh jogadora de clube eh a Juicy minmini central de 1,80m. Natalia esta lesionada e cansada.

Spê
Visitante

Os dois primeiros sets contra a Turquia, em que Natália errou todas as bolas, justifica o meu comentário. Então ela está cansada e lesionada sempre, ever, a vida toda, para a seleção. Sempre foi assim. Muito barulho por nada.

Alysson
Visitante

Deve kogafora está lesionada cabe ao departamento médico barrar treinamentos e disputas. Se joga lesionada estamos assistindo à mesma irresponsabilidade que acarretou na lesão da Thaísa.

Se a jogadora está cansada, que peça dispensa.

Natália é isso aí mesmo que vemos há tanto tempo. Chega de dar desculpas e de proteger em demasia.

Paulo
Visitante

Alysson voce tem problema de odio por Natalia isso eh normal em pessoas invejosas . Se as ponteiras inscritas so fazem merda como drusyla e amanda vc quer que coloque quem no lugar da Natalia a suelen? Ou que mude a regra pra inscrever outra? Acorda

Paulo
Visitante

Alysson porque voce usa esse outro nome spe pra depreciar a Natalia. Quer parecer varias pessias?

Alysson
Visitante

Paulo, não seja infantil. Isso aqui não é discussão de Facebook.

Cresça, moleque.

chvrches depeche
Visitante

Claro que é A MESMA PESSOA, passa o dia falando mal da Natalia vai se tratar você tem problema psicologico (mal amado frustrado). Vai morrer infartado (e ninguéms entrira falta dos eu vácuo) escrevendo sem parar sobre o mesmo assunto. Se tem alguém que precisa crescer aqui é você, mentalmente, cara maluco

gihsela
Visitante

quer a ana moser e marcia fu hilma tambem

Carlos
Visitante

Todas elas que jogaram as Olimpíadas irão voltar eu já falei isso. Todas, inclusive Sheyla. Thaiza volta também. Ficam só de bláblá,mas virão para seleção em 2018. Acontece que as demais seleções também virão com suas atletas experientes e as jovens da China estarão mais focadas. As russas melhorando na recepção e terá Goncharova;Kosheleva;Malova;Startesva de volta!! Estados Unidos vai defender o título de campeãs Mundiais.

TITANIC 100 ANOS
Visitante

DANI LINS E FABIOLA VOLTAM , ASSIM COMO ELEONORA LO BIANCO VOLTARÁ PRA SELEÇÃO ITALIANA.

TITANIC 100 ANOS
Visitante
Pessoal, não adianta. O espírito olímpico fala mais alto. Todas da seleção vão voltar. Acho que só Fabiana deve manter a palavra. Já vimos esse filme há alguma olimpíadas em que , por exemplo, a Fernanda Venturine se estranhou com o Zé e pouco tempo depois estava quase que implorando pra ir a olimpíada ( não lembro qual). Então acho que Lo Bianco, Dani Lins, Sheyla, a levantadora sérvia que não lembro o nome e muitas outras que deixaram suas seleções vão repensar sobre isso. Dessa nossa seleção brasileira vejo apenas, e por enquanto, Rosamaria e Bia preparadas. Edinara está… Ler mais »
chvrches depeche
Visitante

Titanic, no amistoso de BH, Sheylla deixou no ar se voltará na seleção. Como ela não tem ouro no Mundial acho que ela volta. A Ognjenovic nao aposentou, ela só está descansando.

Emily
Visitante

Tambéma cho que Sheylla diva volta, mas se nao voltar Tandara está muito bem dando conta do recado. Ainda temos Rosa e Naty que podem jogar de oposta

Gênio
Visitante

Não entendo pq Paula oposta do Osasco não foi convocada, por mais que Monique se esforçe, e realmente é uma ótima jogadora, com um bom padrão técnico, para o nível de uma seleção a Paula se encaixa melhor, é um diamante bruto com um potencial incrivel.

Sandro Senna
Visitante

Também espero no ressurgimento da Helô que fez bem em sair do Rio.

muciolo ferreira
Visitante

Perdeu a vaga para a Roberta que tem dado um show de bloqueios, levantamentos e saques precisos com ace.

wpDiscuz
Translate »