Search
Wednesday 19 June 2019
  • :
  • :

Emocionado, o MVP Serginho falou sobre a campanha até o título: “Estava me sentindo como se tivesse em uma UTI”

Crédito: Inovafoto/CBV

Crédito: Inovafoto/CBV

Na quarta final consecutiva de Jogos Olímpicos, o Brasil conquistou a quarta medalha, desta vez, de ouro e em casa, na primeira edição do campeonato mais importante do calendário esportivo em solo brasileiro. A equipe dirigida pelo técnico Bernardinho se tornou tricampeã olímpica neste domingo (21/08) ao bater a Itália na grande final por 3 sets a 0 (25/22, 28/26 e 26/24), em 1h37 de jogo, no ginásio do Maracanãzinho, no Rio de Janeiro.

 

As duas primeiras medalhas de ouro haviam sido conquistadas em Barcelona/92, sob o comando de José Roberto Guimarães, e em Atenas/04, já com Bernardinho. Além disso, o Brasil conquistou a prata olímpica em Los Angeles/84, Pequim/08 e Londres/12.

 

O Brasil chegou para a disputa da final com seis vitórias – sobre México, Canadá, França, Argentina e Rússia – e dois resultados negativos, sofridos para a própria Itália e para os Estados Unidos, na fase classificatória.

 

Após a cerimônia de premiação, a Federação Internacional de Vôlei (FIVB) divulgou os melhores dos Jogos Olímpicos e o Brasil teve quatro representantes. O levantador Bruninho foi eleito o melhor da sua posição, Wallace foi o melhor oposto, Lucarelli, o melhor ponteiro e Serginho foi eleito o melhor líbero e o melhor jogador da competição. Os melhores centrais foram Birarelli, da Itália, e Volvich, da Rússia. E o outro ponteiro eleito foi Russel, dos Estados Unidos.

 

Um dos principais símbolos desta seleção campeã olímpica, o líbero Serginho disputou sua quarta final de Jogos e conseguiu a segunda medalha de ouro com a vitória deste domingo contra a Itália. O jogador, eleito o MVP da competição, comentou sobre a conquista e momentos de dificuldade na campanha brasileira.

 

“Quero descansar, curtir meus filhos e minha casa. Eles (filhos) ficavam me cobrando para ser novamente campeão olímpico e não devo mais nada para ninguém. Eu e os jogadores tivemos uma conversa muito legal antes da partida contra a França e falei que estava me sentindo como se tivesse em uma UTI. Eu avisei que ia lutar para sair daquela condição e que eles iriam me ajudar. Os jogadores entenderam isso. Essa foi minha última Olimpíada e eles me ajudaram a me tornar bicampeão olímpico. Foi muito gratificante participar desse grupo”, afirmou Serginho.




8
Deixe um comentário

avatar
3 Comment threads
5 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
6 Comment authors
TAYANA COSTAShawnJuniorArraisRayporteirinha Recent comment authors
  Subscribe  
o mais novo mais velho mais votado
Auto Notificar:
Shawn
Visitante
Shawn

Com todo o respeito e admiração que tenho pelo Sérginho e sua carreira vitoriosa, não entendi esse prêmio ter ido para ele. Wallace foi o desafogo e destaque absoluto do Brasil nos jogos olímpicos. Se essa premiação fosse realmente justa o MVP teria sido ele. Serginho é craque, mas nessa Olímpiada não teve um desempenho de encher os olhos. Teve performance abaixo da média no passe e na defesa. Talvez tenha sido um prêmio honorário pelos seus serviços prestados. Porém, nenhum jogador foi tão fundamental quanto Wallace nessa competição. Sem ele, jamais teríamos passado pela França.

Rayporteirinha
Visitante

Perdi toda a admiração e respeito que sentia por Serginho. Não agradeceu nada nem ninguém, como se a seleção não tivesse inflado o salário dele e como se o esporte não tivesse lhe dado o que ele tem hoje. Poderiam ter transcrito o resto da fala dele, onde se diz aliviado de ter acabado com essa “desgraça” que foi servir à seleção. A pior espécie de pessoas sem dúvidas são os mal-agradecidos.

Arrais
Visitante
Arrais

Provavelmente você não assistiu o pós-jogo,a entrevista que o Serginho deu para o Sportv agradecendo todos que participaram da sua vida profissional desde o início. Ele agradeceu o primeiro técnico que o ensinou a dar a manchete,fez questão de agradecer a todos que jogaram com ele na seleção ou não e,além disso,falou com orgulho da cidade onde nasceu e de Pirituba,local em que foi criado. A pior espécie de pessoa aqui é você que vem falar merda sem ao menos ter conhecimento,muito fácil vir aqui e jogar pedra em alguém. Comentários como seu desmerecem os verdadeiros ídolos do esporte brasileiro.

Junior
Visitante
Junior

Concordo plenamente com voc Arrais, ele ta mal informado e sai falando mal de alguem supre integro como o serginho

Rayporteirinha
Visitante

Caso não tenha lido “eu perdi a admiração…” não pedi a mais ninguém. Sou adulto e faço minhas escolhas.

Arrais
Visitante
Arrais

A única pessoa que não leu nada,não se informou e não tem conhecimento algum,é você. Colega,você está passando vergonha. Para que tá feio !

lmesq
Visitante
lmesq

Enquanto no feminino temos somente uma MVP Olímpica,Paula Pequeno em Pequim-2008,no masculino temos agora 3: Atenas-2004:Giba,Londres-2012:Murilo e Rio-2016:Serginho. Todos sabiam que a Itália viria com o saque pesadíssimo,como fez no primeiro turno para vancer o Brasil e Serginho foi um monstro nessa final comandando a linha de passe com maestria possibilitando o Bruno de acelerar o jogo e trabalhar com os atacantes de meio.Serginho,nosso novo MVP Olímpico,é um exemplo de raça,superação,dedicação e,sobretudo,profissionalismo,foi um líder em quadra nessa campanha do Ouro olímpico!Parabéns! Seleção da Olimpíada Rio-2016 eleita pela FIVB: Most Valuable Player(MVP) e Melhor líbero:Sérgio Santos; Melhor levantador:Bruno Rezende; Melhores atacantes… Ler mais »

TAYANA COSTA
Visitante
TAYANA COSTA

Marcelo Negrão foi o melhor jogador dos jogos de BARCELONA 1992

Translate »