Search
Saturday 9 November 2019
  • :
  • :

Goteiras no ginásio provocam suspensão do jogo entre Hinode Barueri e Osasco-Audax

CBV definirá nova data para continuidade do jogo. (Foto: Morais / Divulgação)

A forte chuva da noite de sexta-feira (30) provocou várias goteiras e quedas de energia no ginásio José Correa, em Barueri, e obrigou a suspensão da partida entre Hinode Barueri e Vôlei Osasco-Audax. O jogo foi interrompido logo após o final do primeiro set, vencido pela equipe de Osasco por 25 a 23. Agora, a CBV vai estudar uma nova data para continuidade do confronto.

O técnico Luizomar lamentou o fato e deixou a quadra bastante chateado. “Uma pena. Trabalhamos forte nos últimos dias, depois de duas derrotas seguidas. O time estava ferido e apresentou bom volume com poucos erros no primeiro set. Uma pena para o vôlei, sabemos o quanto precisamos da tv e do público. Não podemos ter situações amadoras como essa numa liga profissional como a nossa”, resumiu.

O primeiro set – Depois de um início instável na recepção, o Vôlei Osasco-Audax se acertou e empatou em 6/6. E logo passou à frente, com dois bons ataques de Hooker, 13/10. Mais seguras, as visitantes mantiveram a vantagem, que chegou a cinco pontos no 22/17. Depois de fazer 24/19, o Vôlei Osasco-Audax se desestabilizou e obrigou o técnico Luizomar a pedir tempo. Casa colocada em ordem e Nati Martins fecha o set, em bola rápida pelo meio, 25/23.

Vôlei Osasco-Audax entrou em quadra com Claudinha, Hooker, Walewska, Nati Martins, Mari Paraíba, Angela Leyva e a líbero Camila Brait. Técnico: Luizomar de Moura.

O Hinode Barueri entrou com Dani Lins, Thaisa, Milka, Maira, Amanda, Skowronska e a líbero Natinha. Entraram: Juma, Sara e Tati Santos. Técnico: José Roberto Guimarães.

Rivalidade – Osasco e Barueri colocaram em quadra uma rivalidade estadual. Nesta temporada, lutaram por uma vaga na decisão do Campeonato Paulista, com vitória em dois jogos a favor das comandadas do técnico Luizomar. Ano passado, com o José Liberatti completamente lotado no dia 13 de agosto, a equipe osasquense venceu o Golden Set e levantou o hexacampeonato diante do mesmo adversário. Osasco bateu o Hinode em mais quatro oportunidades na Superliga 2017/18, sempre pelo placar de 3 sets a 1. Foram dois resultados positivos na fase de classificação e mais dois nas quartas de final.




Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Auto Notificar:
Translate »