Search
Saturday 24 August 2019
  • :
  • :

Itambé/Minas é o primeiro semifinalista da Superliga 2018/2019

Mineiras aguardam a disputa entre o Hinode Barueri e o Osasco-Audax. (Foto: Orlando Bento/MTC)

O Itambé/Minas garantiu a primeira vaga na semifinal da Superliga Feminina Cimed 2018/2019, na noite desta quinta-feira (21). No segundo confronto entre os times, a torcida de Belo Horizonte compareceu em bom número para ver o time superar as estreantes na competição por 3 sets a 1, com parciais de 25/14, 25/20, 20/25 e 25/11)

Natália Zilio foi novamente o principal destaque mineiro, com 22 pontos marcados e mais um troféu VivaVôlei para a conta. Ela foi seguida pela oposto Bruna Honório, com 16 acertos. A favor do Curitiba, a oposto Sabrina e a ponteira Isabela Paquiardi marcaram 11 pontos cada, enquanto a central Lazcano fez 10.

Ainda hoje, o Dentil/Praia Clube duela contra o Fluminense, no Rio de Janeiro, em busca da segunda vaga, a partir das 21h30, com transmissão do Sport 2.

Agora, as comandadas do técnico Stefano Lavarini aguardam a definição da disputa entre o Hinode Barueri e o Osasco-Audax. Os clubes paulistas disputam o segundo jogos das quartas de final amanhã (22), com vantagem para a equipe de José Roberto Guimarães.

O jogo

Com ótimo volume e forte presença no bloqueio, o Minas abriu 8 a 0 na passagem de saque de Macris. Buscando diminuir a diferença, a equipe paranaense fez 11 a 6 com Sabrina encaixando bons saques. Mantendo a regularidade, rapidamente as anfitriãs fecharam a parcial por 25 a 14, após ataque de Natália.

A segunda parcial não mudou o panorama. Em poucos minutos, Clésio Prado precisou parar quando Bruna marcou 5 a 1. Na volta, Lazcano bloqueou Gattaz no simples (7 a 4), em um esboço de reação. A capitã mineira, no entanto, confirmou o ponto em seguida. Mais adiante, Mari Aquino tentou puxar a equipe com pontos de bloqueio e de saque (15 a 9). Minutos depois, a central sofreu uma lesão após saltar para um ataque. Ela recebeu os primeiros atendimentos e deu lugar para a experiente Valeskinha. (20 a 13). O Curitiba passou a ter mais regularidade. Com a central, veio o 23 a 19, seguido por um rápido ataque de Sabrina, mas o Minas se concentro para fechar em 25 a 20, com Bruna Honório.

Com Bruninha no lugar de Macris, o Minas iniciou a terceira parcial na frente, mas as curitibanas buscaram maior regularidade (4 a 4). Em uma bola de segunda, Ana Cristina deu vantagem à equipe (4 a 5). Para retomar a liderança, Natália marcou pontos seguidos (11 a 9). Do outro lado, Sabina descontou (12 a 11). Um ponto depois, Lavarini promoveu a entrada de Lana no lugar de Gabi. Do outro lado, Ana Cristina entrou no saque e ajudou a equipe a empatar. A virada veio com Paquiardi bloqueando Bruna e Lana errando um saque (14 a 16), enquanto Lavarini apostou em uma inversão com Macris e Malu, além de Mayani. Após longo rally, Priscila Souza fez o Curitiba chegar a 16 a 19. Na sequência, Ana Cristina passou a acionar Lazcano seguidas vezes (19 a 22) e, depois, Valeskinha garantiu o primeiro set point para as visitantes e Sabrina não perdoou (20 a 25), fazendo 2 a 1.

Embaladas por Lazcano, o Curitiba abriu o quarto set pontuando, mas vacilou em algumas jogadas e permitiu virada do Minas (5 a 3). Após trocas de pontos, Natália voltou a fazer a diferença, assim como Mara (11 a 6). Apesar de um pedido de tempo, o Curitiba  voltou a ter dificuldades e as mineiras abriram margem com Mayany no saque (19 a 10) e pontos em bloqueios garantiram a classificação, com 25 a 11, fechando a série em 3 a 1.




Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Auto Notificar:
Translate »