Search
Thursday 12 December 2019
  • :
  • :

Mari é apresentada oficialmente e comenta sobre o prazo para estrear no Concilig Bauru

Crédito: Marina Beppu

Crédito: Marina Beppu

 

A atacante Mari foi oficialmente apresentada na manhã desta sexta-feira, dia 7, pela diretoria do Concilig Vôlei Bauru, durante coletiva de imprensa realizada no ginásio Panela de Pressão. Campeã olímpica com a Seleção brasileira nos Jogos Olímpicos de Pequim, em 2008, Mari chegou à cidade no início desta semana e vem passando por avaliações físicas, médicas e treinos leves com bola.

 

A atacante demonstrou entusiasmo por voltar a jogar no Brasil. “Estou feliz em estar aqui em Bauru, em voltar a jogar com o Marcos (Kwiek), e de poder voltar a jogar no Brasil. Passei por momentos complicados fora, principalmente na Itália, e agora estou feliz por voltar e também poder estar perto da minha família, da minha mãe”.

 

Sobre quando poderá estrear, Mari foi cautelosa. “Estou a cinco meses sem jogar, sem treinar com bola, mas mantendo a forma. Voltei a bater bola essa semana, aqui em Bauru e creio que vou precisar de um tempo para pegar ritmo novamente. Não quero definir um prazo, pois quero trabalhar forte para voltar o quanto antes, mas preciso de um tempo para entrar no ritmo das demais jogadoras do grupo”.

 

Em relação à Superliga, principal competição do país, Mari demonstrou confiança “Espero que possamos chegar a final. Claro que vamos trabalhar muito, degrau por degrau, buscar o melhor entrosamento para tentar superar equipes de muita qualidade, como todas da Superliga são. Mas a equipe que foi montada aqui tem condições de ir longe sim”.

 

“Temos uma equipe de qualidade, com uma boa mescla de jogadoras jovens e outras mais experientes, mas um grupo que está jogando junto agora. A maior parte do nosso time chegou esse ano, por isso precisa de tempo para se entrosar. Os bons resultados que tivemos até aqui nos mostram que estamos no caminho certo, mas também geram grandes expectativas sobre o nosso grupo. Por isso, precisamos ter os pés no chão e buscar o melhor sempre”, enfatizou o técnico Marcos Kwiek.

 

Patrocinador máster, e vice-presidente da equipe, Reinaldo Mandaliti destacou a força do grupo bauruense. “A chegada da Mari, juntamente com o elenco que temos, coloca a nossa equipe no nível das principais do país, entre as seis melhores, creio eu. Foi uma negociação extensa, mas que deu certo para nós e para ela também. Agradecemos muito por ter nos escolhido para jogar e esperamos uma grande temporada.”




4
Deixe um comentário

avatar
4 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
4 Comment authors
mum´12MÁRCIOmanuTITANIC 100 ANOS Recent comment authors
  Subscribe  
o mais novo mais velho mais votado
Auto Notificar:
mum´12
Visitante
mum´12

Mari será uma atração à parte na Super Liga. Nem que seja para ouvir da torcida adversária os gritos “Saca na Mari”. Será divertido acompanhar os jogos do Bauru. Bem vinda minha deusa!

MÁRCIO
Visitante

Merece respeito por tudo que já fez no esporte. Hoje, porém, não passa de uma ex-jogadora em atividade.

manu
Visitante
manu

bem vinda mari, o brasil te espera de braços abertos !

TITANIC 100 ANOS
Visitante
TITANIC 100 ANOS

TEORICAMENTE, O BAURU CHEGA PARA SER A QUARTA FORÇA DESSA PRÓXIMA SUPERLIGA, COMPETINDO COM O MINAS , É CLARO, INDIVIDUALMENTE TEM JOGADORAS DE MAIS RENOME DO QUE O MINAS, MAS COLETIVAMENTE VAI TER QUE PROVAR ISSO PRA NÓS AMANTES DO VOLEYBOL BRASILEIRO.

Translate »