Search
Thursday 12 December 2019
  • :
  • :

Mercado: Sesi-SP mantém os ponteiros Lucas Lóh e Alan Patrick

Ponteiro disputará segundo ano seguido no clube. (Foto: Everton Amaro/Fiesp)

O time masculino de vôlei do Sesi-SP segue mantendo sua base para a temporada 2019/2020, e nesta quinta-feira (23) confirma mais três nomes. Lucas Lóh, eleito melhor ponteiro na última Superliga e Alan Patrick permanecem no grupo, enquanto o jovem Birigui, fruto da casa, retorna após empréstimo para o time de Itapetininga.

Considerado um dos talentos de sua geração e destaque na última edição da Superliga Cimed 2018/19, Lucas Lóh permanece no grupo da capital paulista. Medalhista de prata com a seleção brasileira no Mundial de 2018, o ponteiro ressalta a alegria de ter voltado para o seu país no ano passado e a permanência no Sesi-SP na próxima temporada.

“Estou muito feliz e honrado por ter a oportunidade de vestir a camisa do Sesi-SP por mais uma temporada. Me senti em casa desde o primeiro dia que iniciei aqui e quero dar sequência nesse trabalho. Essa temporada foi muito boa para mim, para o meu crescimento e acredito que para o crescimento da própria equipe, e a luta continua”, comentou Lóh, que segue com a seleção brasileira na preparação para a Liga das Nações 2019.

Após uma temporada na Turquia, defendendo o Halkbank, Lucas Lóh chegou no Sesi-SP em 2018. O jogador de 28 anos tem passagens pelo São Bernardo, Cruzeiro, Minas, Zaksa, Campinas, Taubaté e na última temporada foi campeão da Liga Turca, defendendo Halkbank.

Companheiro de posição e defendendo o Sesi-SP desde 2014, ainda na categoria juvenil, Alan Patrick também segue no grupo comandando pelo técnico Rubinho para temporada 2019/2020. Mineiro, natural de Patos de Minas, o ponteiro passou a integrar o grupo adulto no ano de 2016. Em 2017 saiu para defender o Corinthians/Guarulhos e retornou no último ano.

“O Sesi-SP vem sendo minha casa a um bom tempo. Me sinto feliz e realizado nesta equipe. Na temporada tivemos ganhos coletivos e principalmente pessoais, no meu caso, então permanecer aqui é motivo de grande orgulho e respeito pelo trabalho que venho fazendo. Minhas expectativas são sempre as melhores, espero que consigamos alcançar nossas metas, estamos no caminho certo”, explicou Alan Patrick.

Além das conquistas com a equipe juvenil do Sesi-SP, Alan soma em seu currículo troféus na Copa São Paulo, o vice-campeonato Paulista, título da Supercopa 2018, terceiro colocado na Copa Libertadores e vice-campeão da Superliga. E agora, em 2019, além de permanecer no grupo da Vila Leopoldina, o ponteiro integra a seleção brasileira militar e inicia a preparação de olho na disputa do Mundial Militar, em outubro, na China.

O retorno
Jovem promessa do vôlei masculino, Victor Cardoso, o Birigui, retorna ao Sesi-SP após dois anos fora. Defendendo o time da capital paulista desde 2014, quando chegou ainda nas categorias de base, o jogador foi emprestado em 2017 para o Vôlei Um Itapetininga, no primeiro ano do projeto e ajudou a colocar a equipe na elite do vôlei brasileiro ao alcançarem o vice-campeonato da Superliga B 2017/18. No último ano chegou até as quartas de final com o grupo do interior já pela disputa da série A.

“Minha expectativa está muito positiva para o retorno a equipe do Sesi-SP. Tive muito sucesso e títulos durante a categoria de base. Saí no meu último ano de infanto para poder ganhar experiência em um time em formação e disputando a Superliga B, e foi muito bom. Ganhei muita experiência ao disputar o meu primeiro campeonato nacional adulto. Então me sinto muito confiante e preparado para os desafios que tiver pela frente”, comentou

Com títulos do Paulista sub-17, Torneio Início sub-17, Copa Minas sub-17, Copa Mercosul sub-19, Copa Minas sub-19 e Paulista sub-19, Birigui soma ainda passagens importantes pela seleção brasileira, desde as categorias de base até o grupo adulto.

Aos 20 anos, o atleta iniciou sua carreira na seleção brasileira desde a categoria infantil, em 2014. De lá para cá conquistou em 2016 o vice-campeonato Sul-Americano Infanto (eleito melhor ponteiro) e foi campeão Pan-Americano Juvenil 2017 (eleito melhor jogador). Em 2018 ficou com o 4º lugar na Liga das Nações com a seleção principal, foi vice-campeão Pan-Americano com a seleção B e campeão Sul-Americano Juvenil (eleito melhor jogador).

 




Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Auto Notificar:
Translate »