Search
Monday 18 November 2019
  • :
  • :

Mundial de Clubes: Dentil/Praia Clube termina em quarto

Esta foi a primeira participação do Praia no torneio da FIVB. (Foto: FIVB)

Não deu para o Dentil/Praia Clube. Neste domingo (9), o time de Uberlândia (MG) encerrou sua primeira participação no Mundial de Clubes em quarto lugar. Na disputa por um lugar no pódio, o Eczacibasi VitrA levou a melhor por 3 sets a 0 (25/16, 25/18 e 25/19). A competição, organizada pela Federação Internacional de Vôlei (FIVB), acontece em Shaoxing, na China.

Paulo Coco apostou em Rosamaria no lugar de Michelle, enquanto Marco Aurelio Motta colocou Yilmaz como titular e deixou Boskovic no banco. E a oposto reserva foi destaque na partida, com 17 pontos marcados. Jordan Larson contribuiu com 12 pontos. Pelo Praia Clube, as centrais Fabiana e Carol tiveram 8 acertos cada.

Anida hoje, acontece a grande decisão entre o Vakifbank e o Minas, a partir das 10 horas (transmissão do Sportv 2).

O jogo

Errando mais, o Praia permitiu ligeira vantagem das turcas (8 a 6). Após um ataque para fora de Garay, Paulo Coco solicitou tempo (10 a 6), mas o VitrA seguiu abrindo com bons saques de Beyza (14 a 8). Perdendo por 18 a 10, Ananda e Paula entraram nos lugares de Lloyd e Fawcett, mas o panorama não mudou. Michelle também entrou e a inversão foi desfeita. Com mais força na finalização dos ataques, o placar chegou em 1 a 0 (25/16).

Assim como na primeira parcial, as turcas chegaram em vantagem no primeiro tempo técnico do segundo set (8 a 6). Após pedido de tempo do Praia (12 a 9), as mineiras tentaram reagir, mas Yilmaz seguiu virano bolas sem dificuldade (14 a 11). Em busca de equilibrar o placar, Michelle foi chamava novamente no lugar de Rosamaria. Paulo Coco parou novamente, sem sucesso. Falhando na recepção, o Praia viu o Eczacibasi abrir 2 a 0 (25/18).

Com Rosamaria na saída no lugar de Fawcett, Michelle foi mantida em quadra e o volume de jogo do Praia melhorou no início do terceiro set (3 a 3), mas o VitrA bloqueou as brasileiras por duas vezes seguidas e a instabilidade das brasileiras  voltou. Com 7 a 3, Ananda entrou no lugar de Lloyd, mas as mineiras seguiram desperdiçando oportunidades e o Eczacibasi não baixou a guarda. Com Ananda no saque e Rosamaria no ataque, o Praia chegou a diminuir (16 a 14), mas não foi o suficiente para mudar o rumo da partida. Com 25 a 19, a equipe turca garantiu a medalha de bronze (3 a 0).

 




Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Auto Notificar:
Translate »