Search
Monday 16 September 2019
  • :
  • :

Mundial Sub-21: Brasil abre segunda fase com vitória diante da China

Próximo confronto será diante da Rússia. (Foto: FIVB)

A seleção sub-21 masculina do Brasil começou bem a segunda fase do Mundial da categoria, que acontece no Bahrein. No início da manhã desta segunda-feira (22.07), os brasileiros conquistaram uma vitória importante sobre a China por 3 sets a 0 (28/26, 25/23 e 25/21), em jogo válido pelo grupo E.

A partida abriu a participação brasileira na segunda fase. O saque brasileiro foi uma arma importante (seis pontos diretos neste fundamento). O volume defensivo do Brasil também se destacou permitindo os contra-ataques que mantiveram o time na frente do placar na maior parte do segundo e terceiro sets. Os destaques individuais foram o ponteiro Victor Birigui, com 13 acertos, maior pontuador do jogo, e o oposto Angellus, que marcou 12 vezes.

“Nosso sistema defensivo foi muito importante no jogo hoje. Nós estudamos muito eles, e sabíamos que a proposta de jogo deles é muito diferente do que estamos acostumados a ver no voleibol mundial, mas conseguimos anular essa tática deles. Foi muito importante começar essa nova fase da competição com vitória, isso nos dá tranquilidade para o próximo jogo”, comentou o ponteiro Victor Birigui.

O técnico do Brasil, Giovane Gávio, também destacou o modo distinto de jogo dos chineses. Para o treinador a equipe brasileira não fez a melhor apresentação, mas conseguiu o objetivo principal.

“Nós erramos muitos saques no primeiro set, e depois conseguimos melhorar isso. Este não foi o nosso melhor jogo, ficamos um pouco abaixo do que podemos fazer, mas o importante é que conseguimos a vitória. A China é um time que joga com muitas bolas cruzadas, faz um jogo diferente. E agora nosso foco se volta para Rússia, nosso próximo adversário, que é um dos melhores times da competição”, disse Giovane.

O próximo compromisso do Brasil será na manhã desta terça-feira (23.07), contra a Rússia, às 5h30 (hora de Brasília).  O grupo conta ainda com a Coreia do Sul, adversário na terceira e última rodada, na quarta-feira (24.07). Nesta fase os dois melhores do grupo avançam para a semifinal.

O Brasil entrou em quadra contra a China com o oposto Angellus, o levantador Rhendrick, os centrais Edson Junio e Guilherme Voss, os ponteiros Victor Birigui e Lucas Figueiredo, e o líbero Bruno Bello. Entraram o oposto Oppenkoski e o levantador Gustavo Orlando.

Criado em 1977, o Mundial Sub-21 masculino de voleibol chega à vigésima edição. A Rússia é a recordista de títulos com dez ouros (incluídas as conquistas da era da União Soviética). O Brasil tem 13 medalhas e é o segundo maior vencedor (quatro ouros, seis pratas e três bronzes).

TABELA GRUPO E

22.07 (SEGUNDA-FEIRA) – BRASIL 3 x 0 China (28/26, 25/23 e 25/21)

23.07 (TERÇA-FEIRA) – BRASIL x Rússia, às 5h30 (horário de Brasília)

24.07 (QUARTA-FEIRA) – BRASIL x Coreia do Sul, às 5h30 (horário de Brasília)




Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Auto Notificar:
Translate »