Search
Monday 16 September 2019
  • :
  • :

Mundial Sub-21: Brasil vence mais uma e avança em primeiro

Triunfo sobre a Coreia do Sul garantiu o primeiro lugar do Grupo E. (Foto: FIVB)

A seleção masculina sub-21 do Brasil encerrou a segunda fase do Mundial da categoria na primeira posição do grupo E. Na manhã desta quarta-feira (24.07) os brasileiros enfrentaram a equipe da Coreia do Sul e venceram por 3 sets a 0 (25/19, 25/13 e 25/19, em Manama, Bahrein. O time verde e amarelo já entrou em quadra classificado para a semifinal e agora aguarda o encerramento da rodada para conhecer o próximo adversário.

No jogo contra os sul-coreanos a equipe do Brasil mais uma vez teve o sistema de saque (5 pontos) e bloqueio (17 pontos) como ponto forte. Ao longo dos três sets o serviço brasileiro dificultou o passe dos oponentes que precisaram forçar bolas altas nas extremidades, o que ajudou no trabalho defensivo brasileiro. O destaque individual ficou por conta do oposto Oppenkoski, que entrou ao longo do primeiro set e seguiu até o final da partida, marcando 16 pontos.

“Nós conseguimos jogar um bom voleibol hoje, alcançamos uma vitória importante para sairmos em primeiro no grupo. Foi importante a oportunidade de termos todos participado deste jogo, foi bom para cada um ter o gostinho de jogar o campeonato, isso dá confiança. Estou muito feliz em poder ajudar o time com a atuação que tive em quadra”, contou Oppenkoski.

O Brasil entrou em quadra contra a Coreia do Sul com o oposto Angellus, o levantador Rhendrick, os centrais Edson Junio e Guilherme Voss, os ponteiros Victor Birigui e Lucas Figueiredo, e o líbero Bruno Bello. Entraram o oposto Oppenkoski, levantador Gustavo Orlando, o central Gabriel Cotrim e os ponteiros Marcus Vinícius e Nathan Krupp.

O treinador Giovane Gávio ficou satisfeito com a oportunidade de colocar todos os atletas em quadra. Para o técnico do Brasil a rodagem será importante nas próximas etapas da competição.

“Eu estou muito feliz com nosso desempenho. Hoje tive a chance de botar todos os jogadores em ação ao longo da partida, e as mudanças funcionaram muito bem. Agora nosso foco já está na semifinal, que esperamos um jogo bem complicado, mas vamos para o próximo desafio com o intuito de fazer o nosso melhor”, disse o técnico.

Criado em 1977, o Mundial Sub-21 masculino de voleibol chega à vigésima edição. A Rússia é a recordista de títulos com dez ouros (incluídas as conquistas da era da União Soviética). O Brasil tem 13 medalhas e é o segundo maior vencedor (quatro ouros, seis pratas e três bronzes).




Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Auto Notificar:
Translate »