Search
Thursday 23 January 2020
  • :
  • :

Japão e Rússia vencem Dominicana e Argélia em três sets

Divulgação/FIVB

Rivera foi escala pela primeira vez como titular e foi a maior pontuadora do jogo, mas não conseguiu impedir derrota.

No jogo de abertura da terceira rodada da competição feminina, o Japão superou a República Dominicana, de Marcos Kwiek, por 3 sets a 0, parciais de 25-20, 25-19 e 25-23, em uma hora e 20 minutos de partida. Com os três pontos as orientais confirmam a terceira colocação no grupo com seis pontos, independente dos outros resultados. Já as dominicanas amargam sua terceira derrota na competição e a lanterna do grupo A, sem nenhum ponto.

Na quarta rodada das Olimpíadas, na sexta-feira (03/08), as japonesas enfrentam as russas. No domingo encerram sua participação na fase de grupos contra a Grã-Bretanha. A República Dominicana vai correr atrás da classificação para a próxima fase contra Grã-Bretanha, na sexta, e contra a Argélia, no domingo.

As duas equipes tiveram os fundamentos muito equilibrados durante o jogo. As japonesas marcaram 43 pontos em ataques, cinco em bloqueios e cinco aces, enquanto as dominicanas 44 em ataques, cinco em bloqueios e dois aces. A grande diferença desfavorável para o time de Kwiek foi, mais uma vez, os erros: foram 22 no total, contra 11 das orientais.

Yukiko Ebata foi a maior pontuadora japonesa na partida com 14 acertos, sendo 12 em ataques (e 31% de eficiência), um de bloqueio e um ace. Ela foi seguida por Saori Kimura, que contribuiu com 13 – 12 em ataques (36%).

Pela República Dominicana, a ponteira Priscila Rivera, que pela primeira vez começou jogando uma partida, foi quem mais marcou no jogo: 16 vezes – sendo 14 em ataques (41%) e dois em bloqueios. Bethania de la Cruz veio na sequência com 15, todos em ataques, com 34% de aproveitamento.

Divulgação/FIVB

Divulgação/FIVB

Rússia faz dever de casa e atropela Argélia, com Sokolova maior pontuadora

No treino de luxo da seleção russa desta quarta-feira (1º/08), após o duelo entre dominicanas e japonesas, espaço para a musa e estrela Lioubov Sokolova. Diante da Argélia, a ponteira e suas companheiras superaram as rivais sem problemas por 3 sets a 0, parciais de 25-7, 25-14 e 25-15. A atacante entrou como titular no segundo set no lugar de Evgeniya Artamonova-Estes e anotou 12 pontos, todos em ataques, com 57% de eficiência. Tatiana Kosheleva, que assim como Natália se recupera de uma grave lesão e está há muito tempo sem jogar, também teve oportunidade no terceiro set e marcou quatro pontos.




Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Auto Notificar:
Translate »