Search
Friday 15 November 2019
  • :
  • :

Naiane quer um Minas concentrado para o duelo contra o Brasília Vôlei

Crédito: Divulgação/Minas Tênis Clube

Crédito: Divulgação/Minas Tênis Clube

 

Um duelo único, decisivo e bem disputado. Assim promete ser o encontro entre Camponesa/Minas e Terracap/Brasília Vôlei, marcado para esta sexta-feira (22/01), às 19h30, na Arena Minas Tênis Clube, pela fase classificatória da Copa Brasil Feminina. A equipe que vencer vai à semifinal, que será disputada na cidade de Campinas (SP), no dia 29 deste mês. A final, que também será no interior de São Paulo, será no dia 30/01.

 

A competição reúne, além de Camponesa/Minas e a equipe brasiliense, outros seis times. O regulamento da competição determina que os oito primeiros colocados, ao término do primeiro turno da Superliga, disputarão o torneio, que será dividido em três fases. Na primeira, as equipes se enfrentarão em partida única e no sistema de cruzamento olímpico, com o mando da equipe de melhor campanha dentro do confronto, ou seja, o primeiro colocado recebe o oitavo; o segundo encara o sétimo; o terceiro pega o sexto e, por fim, o quarto duela com o quinto (Confira abaixo os duelos da Copa Brasil).

 

Ainda conforme o regulamento, a Copa Brasil pode dar vaga no Campeonato Sul-americano de Clubes 2016. O Rexona-Ades já tem uma vaga garantida, por ter sido campeão da edição 2014/15 da Superliga Feminina. Caso a competição sul-americana de clubes, não seja realizada no Brasil e a equipe do Rexona-Ades seja a campeã da Copa Brasil Feminina 2016, terão direito a participar do Sul-americano de Clubes, que ainda não tem data e sede definidas, a equipe segunda colocada na Copa Brasil Feminina e o Rexona-Ades.

 

O Camponesa/Minas fechou o primeiro turno da Superliga na terceira colocação e, por isso, decide a vaga, em casa, contra o Terracap/Brasília Vôlei, que foi o sexto colocado. A equipe minastenista venceu o adversário desta sexta-feira nos dois turnos da Superliga, por 3 a 2, em BH, e 3 a 1, na capital federal. Agora, em jogo decisivo, a levantadora Naiane espera que o time entre em quadra atento e mais concentrado para evitar os erros cometidos na derrota para o Dentil/Praia Clube, na última segunda-feira, pela Superliga. “Acho que a saída é sempre fazer no jogo, o que fazemos no treino. Não adianta treinarmos perfeitamente e, na hora do jogo, a gente entrar em quadra desconcentradas. O nosso time é muito bom, temos uma linha de passe muito boa e isso que não funcionou no último jogo, mas não há nada que não pode ser ajustado. Trabalhamos muito nesta semana para não cometermos esses erros e estamos prontas para o jogo”, comentou a levantadora minastenista.

 

Com a possibilidade de chegar ao Campeonato Sul-americano de Clubes, o técnico Paulo Coco quer a equipe atenta e forte para buscar a vaga. Além disso, ele usará a competição para ajustar o time e corrigir as falhas que a equipe vem cometendo nos últimos jogos. “Todas as partidas são decisivas. Existe a chance de ir ao Sul-americano e isso deixará a disputa ainda mais acirrada, mas, acima de tudo, vamos usar esses jogos para entrosar mais a equipe. Vou promover a entrada de jogadoras importantes para se acertarem e vamos ajustar o nosso sistema para minimizar os erros que estamos cometendo, o que acaba nos prejudicando”, destacou o comandante minastenista.

 

Os outros confrontos da fase classificatória da Copa Brasil são: Rexona-Ades x São Cristóvão Saúde/São Caetano, no Rio de Janeiro; Dentil/Praia Clube x Sesi-SP, em Uberlândia; e Vôlei Nestlé x Rio do Sul/EquiBrasil, em Osasco (SP). Todas as partidas da primeira fase serão nesta sexta-feira (22/1), às 19h30.

 

Ingressos

O ingresso para o jogo desta sexta-feira custa R$ 16. Sócios do Minas, pessoas com mais de 60 anos, crianças de 5 a 12 anos e estudantes, todos mediante apresentação de documento comprobatório, pagam meia-entrada (R$ 8). A venda começa a partir das 18h30, quando os portões da Arena também serão abertos.




Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Auto Notificar:
Translate »