Search
Friday 15 November 2019
  • :
  • :

Para Pacheco, jogo contra o São José será forte, intenso e equilibrado

Crédito: Divulgação

Crédito: Divulgação

 

A equipe masculina do Sesi-SP reencontra um adversário conhecido na noite desta quinta-feira (04/02). Às 20h, a equipe recebe o São José, na Vila Leopoldina, em confronto válido pela 5ª rodada do returno da Superliga. Nesta temporada, os dois times já se enfrentaram pela Copa São Paulo, Campeonato Paulista, Superliga e Copa Brasil, sendo que o Sesi levou a melhor na maioria das oportunidades.

 

Justamente por já conhecer bem o adversário, o técnico do Sesi, Marcos Pacheco, não espera grandes surpresas para a partida de hoje, mas ressalta que será um confronto difícil. “Temos enfrentado São José em momentos diferentes. É um time que a gente conhece bem e eles também nos conhecem muito bem. Então é pouco provável que aconteça uma grande mudança em termos de estratégia dos times. Mas será um jogo forte, intenso e equilibrado. Espero que nosso time mantenha o padrão de jogo e jogue como nos últimos confrontos contra eles”, explicou o treinador.

 

Depois de uma boa sequência de vitórias, o Sesi vem de dois resultados negativos: perdeu para o Sada/Cruzeiro pela Copa do Brasil por 3×2 e para o Minas na Superliga pelo mesmo placar. Apesar disso, Pacheco não está preocupado com essas derrotas em sequência. “É lógico que não é o ideal e nem o que queríamos, mas o fato de perdermos dois jogos em sequência não nos preocupa. Foram dois resultados em situações diferentes, em competições diferentes e, como estamos lidando jogo a jogo, não é uma situação que cause tanta dor de cabeça”, ameniza o técnico.

 

Porém, Pacheco revela que o jogo contra o Minas ainda o incomoda. Na ocasião, o time vencia por 2×0, teve oportunidades de finalizar o jogo, mas não conseguiu e sofreu a virada. Segundo o treinador, essa comportamento não pode se repetir. “Temos que avaliar muito bem o nosso desempenho na última partida. Falhamos em momentos importantes do jogo, temos que pensar, estudar, avaliar e treinar para que isso não aconteça mais. Não podemos ter tanta dificuldade em efetivar os pontos, fechar o jogo e trazer a vitória”, finalizou o comandante.




Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Auto Notificar:
Translate »