Search
Wednesday 11 December 2019
  • :
  • :

Paulista: Fora de casa, Osaco-Audax tem novo desafio nesta terça-feira (17)

Foto: João Pires/Fotojump

O Vôlei Osasco-Audax enfrenta o São Cristóvão Saúde/São Caetano nesta terça-feira (17), a partir das 20h, no ginásio José Liberatti, em busca da segunda vitória seguida no Campeonato Paulista da Divisão Especial. Na estreia, há uma semana, a equipe comandada pelo técnico Luizomar bateu o Atacadão Joseense, de São José dos Campos, por 3 sets a 1, parciais de 13/25, 25/22, 26/24 e 25/18, em 1h48.

Assim como no primeiro jogo da temporada 2019/20, a expectativa é que a torcida seja um diferencial no ginásio José Liberatti. Na partida contra o Atacadão Joseense, o público foi o sétimo jogador em quadra e ajudou a empurrar a equipe, que teve oito desfalques. Com apoio da arquibancada em todos os momentos, o time do Audax superou um primeiro set difícil e conquistou a vitória, de virada, na base da raça.

O adversário desta terça-feira ainda não venceu no Campeonato Paulista de 2019. O São Cristóvão Saúde/São Caetano fez duas partidas no estadual e foi derrotado pelo Pinheiros (3 x 1) e São Paulo/Barueri (3 x 0). Mesmo assim, ninguém em Osasco espera jogo fácil. “São Caetano é um time tradicional no vôlei e merece todo nosso respeito. Sempre fazemos confrontos duros e não deve ser diferente desta vez. Seguimos trabalhando, ainda com desfalques, e vamos lutar para conquistar mais um resultado positivo”, explica Luizomar.

Única remanescente da temporada passada ao lado de Camila Brait (na Seleção Brasileira), a líbero Kika reconhece as limitações de início de temporada, mas acredita que o novo grupo está no caminho certo. “Sentimos o nervosismo normal da estreia, mas aos poucos a ansiedade foi baixando e o jogo fluindo. Vamos evoluir ao longo das rodadas e sempre lutar com tudo pelas vitórias. Aqui no Liberatti ainda contamos com a força extra da nossa torcida, que nos ajuda muito, principalmente nos momentos complicados”, avalia a jogadora de 23 anos e que disputa a terceira temporada com a camisa osasquense.

O treinador reafirmou os elogios feitos à postura de suas novas atletas após a primeira vitória do Paulista 2019. “Achei bacana o envolvimento de todas e a paciência na construção do resultado. O time não perdeu a cabeça. Algumas jogadoras nunca haviam trabalhado comigo, outras apenas nas seleções de base, e a falta de entrosamento é normal nesse início”, ressalta o treinador de Osasco, que nesta temporada, tem os patrocínios de Audax, Bradesco, iFood, São Cristóvão/Saúde, Reserva Raposo, EcoOsasco e Hummel, além do apoio da Prefeitura de Osasco.




Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Auto Notificar:
Translate »