Search
Sunday 25 August 2019
  • :
  • :

Prata no Pan, Maria Alejandra já mira temporada no Curitiba Vôlei

Foto: Federação Colombiana de Voleibol

Com vitória da República Dominicana, terminou nesta semana a etapa do vôlei feminino no Pan Americano de Lima. Após algumas surpresas e destaques, o protagonismo da competição ficou por conta da seleção colombiana, que bateu o favorito Brasil, medalhista das últimas três edições, em uma virada histórica na semifinal.

Para superar a seleção de José Roberto Guimarães, o elenco colombiano contou com Maria Alejandra, levantadora que atua no Curitiba Vôlei e disputará a Superliga 2019/2020. “Estou muito feliz em fazer parte do time que fez história para a Colômbia e por chegar a uma competição tão importante. O Brasil tem um time com muita garra, mas o nosso segredo foi não nos darmos por vencidas e acreditar que podíamos conseguir a virada”, conta.

Com previsão de se juntar ao Curitiba Vôlei no próximo mês, a levantadora conta que o foco deve ser o mesmo para defender o clube na competição nacional. “Eu trago do Pan o aprendizado de acreditar sempre e de jogar com garra até o fim, sem pensar em derrota”, conta. Sobre os objetivos no clube, Alejandra também almeja bons resultados. “Eu chego a Curitiba com muita vontade de trabalhar e estou feliz de estar nesse projeto. Quero ajudar o time a estar entre os primeiros colocados dessa competição, que tem muitos times de alto nível”, explica.

A equipe já iniciou os treinamentos na Universidade Positivo para a temporada. A principal mudança no time é a chegada do novo técnico: Duda, que trabalhou com o italiano Stefano Lavarini, no Minas – campeão da última temporada. Formado em Educação Física e pós-graduado em Voleibol e Fisiologia, o técnico Duda traz na bagagem para Curitiba os títulos de dois campeonatos mineiros, dois Sul Americanos, da Superliga 2018/2019, da Copa do Brasil e um vice-campeonato Mundial Interclubes.




Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Auto Notificar:
Translate »