Search
Friday 18 October 2019
  • :
  • :

Primeiro set da França e tie break para a Alemanha definem confrontos semifinais em Berlim

Crédito: Divulgação/CEV

Crédito: Divulgação/CEV

 

O Pré-olímpico masculino Europeu de Vôlei chega às semifinais com o time da casa, os últimos campeões mundiais, os olímpicos e os da Liga Mundial decidindo uma vaga ao Rio-2016 e duas para um pré-olímpico no Japão. Dos principais candidatos apontados antes de subir a bola, só a Sérvia decepcionou e perdeu o lugar para a seleção medalhista de bronze no mundial passado e de ouro nos Jogos Europeus. Alemanha e Rússia fazem a primeira semifinal, amanhã, em Berlim, e Polônia e França, em seguida, reeditam a semifinal da Liga 2015 – no Maracanãzinho, deu França 3 a 2.

 

A França entrou em quadra contra a Bulgária muito perto da classificação, mas contra uma adversária que ainda poderia tirá-la do páreo. Os franceses, se só precisavam vencer um set nesta sexta-feira, demoraram apenas 23 minutos para sacramentar a classificação à próxima fase e, de quebra, garantir o primeiro lugar no grupo B.

 

Os titulares franceses foram poupados no restante da partida. Contudo, os reservas não facilitaram a vida dos búlgaros, e a França venceu, mesmo, por 3 sets a 0 (25-19, 25-20, 25-15). O ponta/oposto búlgaro Nikolay Uchikov foi o maior anotador da partida, com 13 pontos, enquanto, pela França, o Nicolas Marechal assinalou 12 pontos.

 

Conhecidos os classificados do grupo B e em que posição, o jogo de fundo, entre Alemanha e Polônia servia para formar o emparceiramento das semifinais. Noutros tempos, pode ser que as equipes entrassem em quadra sem muito interesse na vitória, incomodadas com um confronto contra a Rússia, segunda da outra chave. No entanto, com a ascensão dos franceses neste ciclo olímpico, e em respeito à latente tradição dos campeões olímpicos, as duas seleções, se começaram a partida interessadas na liderança da chave, terminaram aparentemente preocupadas em poupar-se.

 

O resultado foi um jogo finalizado no tie break, o único da competição até aqui, e vitória alemã por 3 sets a 2 (21-25, 25-17, 25-22, 20-25, 15-10), em 2h08min. As duas seleções promoveram muitas mudanças durante o encontro, o que fez, por exemplo, com o que os opostos reservas fossem os maiores pontuadores de seus times – o alemão Simon Hirsch marcou 17 pontos e o polonês Konarski, 13.

 

No outro jogo da rodada, a Sérvia, ao menos, se despediu com dignidade da competição, vencendo a Bélgica por 3 a 1 (25-18, 21-25, 25-21, 25-21).

 

A partida entre Alemanha e Rússia começa às 13h35, pelo horário de Brasília, enquanto França e Polônia, às 16h35.




Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Auto Notificar:
Translate »