Search
Thursday 21 November 2019
  • :
  • :

Roma Finals: Ágatha e Duda vencem duelo brasileiro e estão na decisão

Dupla avança para a terceira final consecutiva de WT Finals. (Foto: Getty Image/FIVB)

O feriado da Independência do Brasil trouxe boa sorte para as representantes do país na chave feminina no World Tour Finals, em Roma (ITA). Neste sábado (07.09) Ágatha e Duda (PR/SE) garantiram vaga na decisão em um dos principais eventos da temporada 2019 do Circuito Mundial de vôlei de praia. Elas irão em busca do ouro na tarde deste domingo (08.09) contra a campeã olímpica Laura Ludwig e a parceira Meg Kozuch, da Alemanha, às 15h (horário de Brasília), com transmissão do SporTV 2.

A vaga na grande final veio depois de uma partida muito equilibrada contra as compatriotas Ana Patrícia e Rebecca (MG/CE), com vitória de Ágatha e Duda por 2 sets a 1 (17/21, 21/19 e 15/13). Ana e Rebecca dominaram as ações do primeiro set, com virada de bola consistente. Na segunda parcial as duas duplas se alternaram em vantagem no placar, mas na reta final a experiência de Ágatha fez a diferença. Assim como os dois sets anteriores, o terceiro foi pautado pelo equilíbrio, até que com dois aces, Duda encerrou o jogo.

“A Rebecca estava passando bem e eu fazendo força para sacar. Quando fizemos 13 a 13 eu arrisquei em sacar viagem forçando. Me concentrei, visualizei o que queria e dei o meu melhor e nem acreditei em como saiu bem”, disse Duda.

Esta será a terceira final consecutiva de Ágatha e Duda de World Tour Finals, elas foram campeãs em 2018 e ficaram com a prata em 2017.

“Chegamos nesse torneio querendo jogar bem, pois saímos engasgadas no último campeonato. Aqui queríamos ir além. Pensamos um jogo de cada vez. Essa semifinal foi incrível, a Ana e a Rebecca fizeram coisas diferentes do que a gente estava acostumada a ver da parte delas, então precisamos nos preocupar muito com nossa virada de bola. Elas estão de parabéns pelo jogo”, comentou Ágatha.

Antes da semifinal Ágatha e Duda eliminaram as atuais campeãs mundiais Sarah Pavan/Melissa Humana-Paredes, do Canadá, por 2 sets a 0 (21/14 e 21/18) pelas quartas de final. Ana e Rebecca passaram por Hermannová/Sluková, da República Tcheca por 2 sets a 0 (21/17 e 21/16). Ana e Rebecca disputarão o bronze também neste domingo, às 12h50, contra Vergé-Dépré/Heidrich (SUI).

Evandro e Bruno ficam nas quartas no masculino

A rodada deste sábado não foi favorável para os brasileiros na chave masculina em Roma. Evandro e Bruno Schmidt (RJ/DF), único time do Brasil ainda em ação no evento, e invicto até então, acabaram superados pelos líderes do ranking mundial, Mol/Sorum (NOR), por 2 sets a 0 (21/17 e 21/16).

“A gente vinha jogando muito bem no torneio. Mas hoje o time da Noruega encaixou muito bem o bloqueio, dificultando nosso sistema de ataque. Meu saque não entrou tanto como costuma entrar, até fiz alguns pontos, mas não suficiente para a vitória. O nosso time está evoluindo, queríamos uma medalha, mas saímos daqui de cabeça erguida”, contou Evandro.

Com o resultado Evandro e Bruno ficam com a quinta posição em Roma. Desta forma eles agora estão na segunda posição na corrida olímpica brasileira com 5550 pontos, atrás de Alison/Álvaro (ES/PB), que tem 5600. André e George (ES/PB) vem em terceiro com 4810. A soma de pontos considera apenas os dez melhores resultados de cada dupla dentro do calendário do Circuito Mundial.

A competição em Roma rende cerca de R$ 160 mil para os campeões dos naipes masculino e feminino. Ao todo, o torneio distribui cerca de R$ 2,4 milhões em premiação aos atletas, além de oferecer pontuação alta para o ranking internacional – 1.200 para os times vencedores.




Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Auto Notificar:
Translate »