Search
Sunday 20 October 2019
  • :
  • :

Roma Finals: Evandro/Bruno Schmidt garante vaga direta às oitavas

Alison/Álvaro Filho e André/George vencem na rodada de estreia, mas vão disputar a repescagem. (Foto: FIVB)

O World Tour Finals em Roma (ITA) começou muito bem para Evandro/Bruno Schmidt (RJ/DF). A dupla foi a única brasileira a conseguir duas vitórias nesta quinta-feira (05.09) e conseguiu classificação direta às oitavas de final. Ainda participam da competição na capital italiana Alison/Álvaro Filho (ES/PB) e André/George (ES/PB) que com um resultado positivo em dois jogos cada terão que passara pela repescagem.

A estreia de Evandro e Bruno pelo grupo G foi contra os espanhóis Herrera e Gavira, com triunfo brasileiro por 2 sets a 0 (21/16 e 21/16). Em seguida os dois enfrentaram os holandeses Brouwer e Meewsen, com nova vitória, desta vez por 2 sets a 1 (21/15, 18/21 e 15/12). Após o confronto que garantiu a vaga na fase eliminatória Evandro analisou o dia da dupla.

“Enfrentamos duas duplas muito fortes. Fico muito feliz de sair com duas vitórias hoje. Este último confronto foi um jogo de cabeça, principalmente depois de perdermos o segundo set. Precisávamos voltar para o jogo e corrigir os erros. Agora vamos em frente, nas oitavas, mas tem muito torneio pela frente ainda. O importante é que estamos evoluindo como time”, comentou o bloqueador.

No grupo D Alison/Álvaro começou vencendo Berntsen/Mol H. (NOR) por 2 sets a 0 (21/18 e 21/11). E, na partida seguinte, a dupla foi superada por Perusic/Schweiner, da República Tcheca, por 2 sets a 0 (21/11 e 21/14). A campanha de André e George foi similar no grupo H. Eles levaram a melhor contra Doppler/Horst (AUT) na primeira partida por 2 sets a 0 (21/15 e 21/15), mas sofreram o revés contra Varenhorst/van de Velde (HOL) por 2 sets a 0 (11/21 e 18/21).

O torneio continua nesta sexta-feira (06.09) com a repescagem e a disputa das oitavas de final. A decisão será neste domingo (08.09).

A competição conta com 32 times em cada naipe, sendo 22 provenientes do ranking de entradas, dois convidados e outros oito provenientes do classificatório. Os times se enfrentam na chave, com os primeiros colocados avançando direto às oitavas de final, enquanto segundos e terceiros colocados duelam por uma fase eliminatória extra, da repescagem.

A competição em Roma rende cerca de R$ 160 mil para os campeões dos naipes masculino e feminino. Ao todo, o torneio distribui cerca de R$ 2,4 milhões em premiação aos atletas, além de oferecer pontuação alta para o ranking internacional – 1.200 para os times vencedores.




Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Auto Notificar:
Translate »