Search
Friday 22 November 2019
  • :
  • :

Sada Cruzeiro conquista o Estadual pela décima vez

Foto: Agênciai7

A torcida presente no ginásio Divino Braga, em Betim, viu o elenco do Sada Cruzeiro soltar mais uma vez o grito de campeão na noite deste sábado, 02/11, ao bater o Fiat Minas por 3 a 0 na final do Campeonato Mineiro 2019. E não foi qualquer conquista, pois a taça levantada representou o decacampeonato para os cruzeirenses, com o décimo troféu consecutivo e o 11º de sua história no Estadual. Com parciais de 25/19, 25/19, 25/19, o time azul manteve a escrita e reforçou a hegemonia.

Em 2008 veio o inédito título, quando a equipe ainda era o Sada Betim. E a partir de 2010, um ano após a união com o Cruzeiro, o esquadrão azul passou a dominar o cenário Estadual, com dez campeonatos seguidos. E taça levantada neste sábado, em Betim, representa o 35º título para o Sada Cruzeiro, em 40 finais disputadas e um total de 46 campeonatos, desde 2010.

Nesta nova decisão do Estadual contra o Minas o Sada Cruzeiro teve uma atuação muito contundente, sendo muito efetivo no ataque, defendendo muito bem e com uma excelente distribuição do levantador Fernando Cachopa.

“A temporada é longa e demos um primeiro e importante passo para a nossa equipe ganhar moral e saber que está no caminho certo. E aos pouquinhos a gente vai crescendo, ganhando cara. Cada partida é um tijolinho que vamos colocando na construção da nossa casa e, pouco a pouco, colocamos muito bem os primeiros da temporada. Deixamos tudo em quadra, colocamos o coração, estudamos muito a equipe deles, mas acho que o principal foi olhar para o lado de cá. A maneira como a gente se portou do primeiro ao último ponto fez a diferença. Essa atitude que a gente impôs hoje que foi o mais importante”, comemorou o armador azul.

“A cada temporada essa equipe nos orgulha mais, pela consistência, pelo exemplo que os nossos jogadores representam para tantas pessoas, tantas crianças e jovens. O Campeonato Mineiro é uma conquista muito especial para nós e vamos com tudo para fazer o nosso melhor em todas as outras competições que virão”, afirmou Vittorio Medioli, fundador do Sada Cruzeiro.

Otávio

Depois de defender o Minas por 10 anos e sair do estado para jogar pelo Taubaté, pela primeira vez o central Otávio pôde soltar o grito de campeão Mineiro. “É boa demais essa sensação. É o meu primeiro Mineiro adulto. Estou muito feliz, depois de perder vários torneios para o Sada Cruzeiro e agora levantar esse título, com a camisa do meu time do coração. É muito orgulho, e começar a temporada com o pé direito é muito importante. Temos que procurar evoluir cada vez”, contou o camisa 4.

Na final o central Isac foi o maior pontuador com 14 marcações, sendo seis de bloqueio. Facundo Conte teve 13 pontos, seguido por Evandro com 12.

Supercopa

Após o Deca Mineiro, o Sada Cruzeiro mira agora a decisão da Supercopa, torneio que abre oficialmente a temporada nacional de clubes. Na próxima quinta-feira, 07/11, os cruzeirenses encaram o Taubaté, às 21h30, em Uberlândia, valendo o título.

Sada Cruzeiro – Fernando Cachopa, Evandro, Gord Perrin, Facundo Conte, Isac, Otávio e o líbero Lukinha. Entraram Luan e Rodriguinho Leme. Técnico – Marcelo Mendez

Fiat/Minas – Rodrigo, Davy, Honorato, Ocampo, Deivid, Matheus o líbero Maique. Entraram Westermann, Alejandro, Felipe Roque e Lazo. Técnico – Nery Tambeiro

Com o Estadual, Sada Cruzeiro conquista o 35º título, desde 2010

Com a vitória sobre o Fiat Minas, na noite deste sábado, 02/11, na final do Campeonato Mineiro, o Sada Cruzeiro atingiu a marca de 35 títulos conquistados, ao longo de uma quase uma década. A partir do início da temporada 2010/11 o time estrelado garantiu números impressionantes no voleibol, e até mesmo em qualquer modalidade esportiva. A taça levantada em Betim representa o 35º troféu para o time azul, em um total de 40 finais, nos 46 campeonatos que o clube disputou.

“Este time e este grupo são incríveis. Entra ano e sai ano e a gente continua com essa vontade de nos superar, de vencer. O título Mineiro é um incentivo para nós, pra começarmos oficialmente a temporada. Agora é comemorar, descansar um pouquinho e a partir de segunda-feira iniciar com tudo a preparação para o jogo decisivo da Supercopa”, disse o capitão Filipe.

Técnico Marcelo Mendez conquista o 11º título seguido do Estadual

O técnico Marcelo Mendez conquistou nesse sábado, 02/11, o seu 11º título seguido do Campeonato Mineiro de Vôlei. Além das taças conquistadas com o time celeste desde 2010, o argentino também tem em seu currículo o troféu do Estadual de 2009, pela equipe de Montes Claros, logo que chegou ao Brasil. E com isso Marcelo Mendez é hendecacampeão Mineiro.

Para o comandante, o torneio é uma disputa muito especial na sua trajetória. “Quero destacar o grupo todo, que jogou muito bem. Fizemos um jogo coletivo muito bom em todos os fundamentos. A cada temporada os desafios são diferentes. Estou muito feliz pelo que fizemos neste Mineiro. É um torneio muito especial para mim, pois eu me recordo de quando cheguei aqui no Brasil, e de tudo o que nós construímos nos últimos anos. E a conquista deste ano foi interessante, pois depois de 10 anos eu e o Rodriguinho somos campeões novamente. Ele estava no time quando fui campeão pela primeira vez em 2009, pelo Montes Claros, e agora estamos juntos novamente. Temos que celebrar agora e nos preparar, pois na próxima semana já temos Supercopa e em seguida já começa a Superliga”, disse o argentino.

Com cinco do Sada Cruzeiro, América Vôlei garante o bronze do Mineiro

O América Vôlei bateu o Anápolis por 3 sets 1 na noite desse sábado, 02/11, e também garantiu seu lugar no pódio do Campeonato Mineiro, com o troféu de bronze. O time, que tem como sede a cidade de Montes Claros, no Norte de Minas, conta com cinco talentos revelados na base cruzeirense: o líbero Lucas Bauer, os ponteiros Gabriel Armanelli, Rammé e Pablo e o levantador Rhendrick. Os jogadores foram cedidos como uma forma de patrocínio à equipe, que também conta com o treinador Henrique Furtado, profissional da comissão técnica do Sada Cruzeiro.

O levantador Rhendrick Resley é um dos nomes na nova geração da seleção brasileira, e comandou também o Brasil também no bronze do Mundial Sub-21, em julho, no Bahrein. Agora, com o fim do Estadual, o atleta do Sada Cruzeiro vai ganhar ainda mais experiência na Superliga, torneio que o América também irá disputar.

“Pra esta disputa de terceiro lugar a gente veio muito focado em fazer o nosso melhor, e fizemos bem. Eu estou muito feliz com esta oportunidade, de jogar o Mineiro e agora compor uma equipe adulta numa Superliga A, tendo jogos contra grandes adversários. Para nós, jogadores mais novos, ter essa experiência de jogar em alto nível é muito importante”, disse o jogador.




Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Auto Notificar:
Translate »