Search
Sunday 25 August 2019
  • :
  • :

São Paulo/Barueri investe na juventude para brilhar no vôlei feminino

Elenco no Morumbi. (Foto: Rubens Chiri/saopaulofc.net)

Com a tradição de sempre revelar jovens talentos no futebol e em esporte olímpicos, o São Paulo Futebol Clube se uniu ao Barueri Volleyball Clube para a temporada 2019/2020 do vôlei feminino. O projeto será capitaneado por José Roberto Guimarães, tricampeão olímpico.

“A expectativa com a parceria é a melhor possível. Tem realmente a nossa cara essa possibilidade de participar da Superliga com o São Paulo, clube de tradição que sempre revelou e investiu em novos valores, mas também sempre teve uma grande participação no cenário nacional em todas as modalidades nas quais participou durante anos e anos. É com muito orgulho que estamos representando o São Paulo”, afirma Guimarães.

O treinador do São Paulo/Barueri lembra de grandes figuras que surgiram no cenário esportivo brasileiro com as cores tricolores. “No atletismo, o Ademar Ferreira da Silva [bicampeão olímpico em 1952 e 1956]. No judô teve o Aurélio Miguel [ouro na Olimpíada de Seul em 1988]. Várias coisas importantes já ocorreram dentro da história do São Paulo”, afirma o treinador.

A entrada do clube do Morumbi no vôlei reforça a política da diretoria em desenvolver outros esportes além do futebol masculino. “Já vínhamos investindo no futebol feminino e, mais recentemente, no basquete de maneira significativa. Agora temos esta oportunidade no vôlei ao lado do Barueri sob o comando de uma das figuras mais respeitadas do mundo na modalidade para desenvolver um projeto que tem os olhos voltados para o futuro”, analisou o presidente do Tricolor, Carlos Augusto de Barros e Silva.

A revelação de jovens jogadoras, foco do projeto do São Paulo/Barueri, é válida, segundo Guimarães, não apenas para o futuro da própria equipe, mas também para o vôlei feminino nacional de uma forma geral. “Essa aposta de investir em novos talentos também é extremamente importante para o futuro das seleções brasileiras. E faz parte de uma tradição que o São Paulo sempre teve dentro do futebol e em outras modalidades”, afirma.

Juventude, de acordo com a comissão técnica, não significa estar longe das primeiras posições das competições da temporada 2019/2020, até mesmo da Superliga. “As equipes estão sendo montadas. Mas a nossa perspectiva é de fazer um bom campeonato e estar entre as melhores equipes do país, além de revelar jovens para o futuro da modalidade. Todas terão orgulho de vestir a camisa do São Paulo. A felicidade é muito grande e esperamos representar o São Paulo a altura que ele merece”. José Roberto está desde outubro de 2016 no comandando da equipe de Barueri.

A equipe feminina de vôlei feminino do BVC iniciou suas atividades em outubro de 2016. Na Taça Prata, primeira competição em que participou, garantiu o título e o acesso à Superliga B. Em abril de 2017, mais uma conquista: o ouro na Superliga B e a vaga para a elite da modalidade. Em 2018 , foi vice-campeã do Campeonato Paulista de Vôlei. Nas edições da Superliga de Vôlei 2017/2018 e 2018/2019, superou as metas traçadas quando disputou as quartas de final e garantiu o quarto e quinto lugares, respectivamente.

Nesta temporada, o São Paulo/Barueri vai disputar o Campeonato Paulista antes da Superliga Feminina de Vôlei.
O elenco do time dirigido pelo treinador José Roberto Guimarães é formado pelas seguintes jogadoras: Diana (meio), Juma (levantadora), Maira (ponta), Thayane (levantadora), Nyeme (líbero), Lays (meio), Jheovana (ponteira-oposta), Tai Santos (ponteira), Lorenne (oposto), Larissa (meio), Jacke (levantadora), Carol (ponteira), Moara (ponteira) e Mayany (meio).




Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Auto Notificar:
Translate »