Search
Wednesday 27 March 2019
  • :
  • :

Seleção Militar tetracampeã Mundial. Renatinha é MVP

Foto: Sd Rafel Chagas/CCFEx

Neste sábado (09/08), o Brasil conquistou o título de Campeã do 15º Campeonato Mundial Militar Feminino de Voleibol do CISM, disputado no Centro de Capacitação Física do Exército (CCFEx), na Urca (Rio de Janeiro). De virada, sobre a China, as comandadas do técnico Anderson Rodrigues venceram por 3 a 2, parciais de 19-25, 23-25, 30-28, 25-23 e 15-11.

O Sargento e técnico Anderson Rodrigues é um velho conhecido do Vôlei Mundial. Campeão Olímpico com a seleção principal em 2004, Anderson também defendeu a Seleção Militar Masculina como atacante, mas esse ano resolveu se tornar técnico. “Foi uma experiência muito marcante, pois perdíamos de 2 sets a 0 e viramos. Como jogador defendendo a Seleção é mais fácil, eu ia lá e executava. Mas como treinador eu tinha que fazer elas entenderem como executar”, comentou o auxiliar técnico do Camponesa/Minas na Superliga. 

 
“Eu estou, mais do que tudo, na profissão certa. Eu adoro desafios e foi uma estreia ótima em uma seleção. Foi emocionante essa conquistas, uma das mais difíceis da minha vida. Mas sei que não será a última”, concluiu.

 
Entre as selecionáveis, a levantadora Claudinha deu um toque de qualidade no grupo brasileiro tetracampeão mundial. “Ser militar é uma honra mesmo que temporariamente. O que aprendi aqui até agora vou levar pra minha carreira e pra minha vida”, disse a levantadora. ” No mundial sabíamos que o adversário a ser batido era a China, que até escondeu o jogo na fase de classificação. Nos primeiros sets fomos muito mal, mas conseguimos nos recuperar e virar o jogo. O time todo está de parabéns”, comemora a jogadora que vestirá a camisa do Sesi-SP essa temporada.

 

Outro destaque da equipe foi a oposto Renatinha Colombo, que logo em seu primeiro ano de incorporação, já foi eleita a Melhor Jogadora do Mundial. “Estou muito feliz com a vitória sobre a China e poder fazer parte dessa Seleção. Foi um jogo muito difícil, mas assim é mais gostoso né?!”, brincou a jogadora. “Ser eleita a MVP da competição foi demais, uma emoção que não sei como explicar”, vibrou a jogadora do E.C.Pinheiros.

Durante a partida os militares fizeram uma homenagem ao técnico Bebeto de Freitas, da “Geração de Prata”, em referência à histórica Medalha de Prata nos Jogos Olímpicos de Los Angeles 1984, que completou 30 anos em agosto.

 

Foto 2 e 3: Marcos Hirose




Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Auto Notificar:
Translate »