Search
Sunday 17 September 2017
  • :
  • :

Sem dois titulares, França é a primeira adversária do Brasil na Copa dos Campeões

Por Gustavo Aguiar

N’Gapeth, com a taça, e Le Roux, ao seu lado direito (Foto: FIVB/Gettyimages)

Algoz do Brasil na Liga Mundial, a França é a primeira adversária do Brasil na Copa dos Campeões de Vôlei Masculino. As equipes voltam a se encontrar depois da final da liga, em que a França derrotou a seleção por 3 sets a 2. Mas desta vez, a França que chegou a Nagoia, no Japão, tem dois desfalques: o central Kevin Le Roux e o ponteiro e principal jogador da seleção francesa, Earvin N’Gapeth. Os dois jogadores foram titulares na última conquista francesa, N’Gapeth inclusive foi o maior pontuador da final, dono de 29 pontos e eleito o melhor jogador do campeonato. Le Roux sofreu uma lesão no tornozelo e acabou dispensado do torneio, enquanto N’Gapeth recupera-se de uma lesão nas costas.

O técnico francês, Laurent Tillie, disse que a competição vai ser importante para dar ritmo a novos jogadores:

“Estamos orgulhosos de poder jogar nesta competição. Também é importante porque é a primeira competição do novo ciclo olímpico e deve ajudar os mais jovens a se integrarem no time. Alguns de nossos jogadores estão feridos, então temos uma equipe nova, mas faremos o nosso melhor” – concluiu Tillie.

Tillie durante conferência em Nagoia (Foto: FIVB)

A França de Tillie é o primeiro adversário do Brasil na Copa dos Campeões, que tem ainda Itália, Irã, Estados Unidos e Japão. Confiram os jogos da seleção:

COPA DOS CAMPEÕES – TABELA
Dia 12.09 (terça-feira) – França x Brasil, às 0h40
Dia 13.09 (quarta-feira) – Brasil x Itália, às 0h40
Dia 15.09 (sexta-feira) – Irã x Brasil, às 0h40
Dia 16.09 (sábado) – Estados Unidos x Brasil, às 0h40
Dia 17.09 (domingo) – Brasil x Japão, às 6h15

3




Deixe um comentário

3 Comentários em "Sem dois titulares, França é a primeira adversária do Brasil na Copa dos Campeões"

Auto Notificar:
avatar
Ordenar por:   o mais novo | mais velho | mais votado
Talles
Visitante
França estará justamente sem os dois principais algozes da seleção brasileira na final da Liga Mundial desse ano. N’Gapeth, técnico ao extremo e com a sua defesa milagrosa na final e o Le Roux com o seu saque providencial! Mesmo se estivesse completa, não colocaria a França como a favorita mor da competição, não! Lembrando que EUA e Itália não estavam completas na Liga e a última vez que a França encontrou as duas com força máxima, na Rio 2016, perdeu para as duas categoricamente. Se a Itália estiver completa, a briga se torna acirrada, mas prevejo EUA e Brasil… Ler mais »
Picicnini
Visitante

Italia nao tera Zaytsev e Juantorena.

Simeão Santos
Visitante

Sem os seus principais dois jogadores o Brasil fez um jogo muito apertado com a França, se os dois jogadores estivessem em quadra provavelmente o resultado poderia ser outro.
O Brasil apesar de estar nas cabeças ainda precisa de uma peça fundamental que é um ponteiro para ajudar com o Lucarelli.
Maurício Borges nao deveria está na seleção mas infelizmente não há muitas outras opções.

wpDiscuz
Translate »