Search
Saturday 21 October 2017
  • :
  • :

Sérvia supera os EUA na abertura da fase final do Grand Prix

Novamente ela!, Mihajlovic conduziu a Sérvia em mais uma vitória. (Foto: Divulgação/FIVB)

Por Júnior Barbosa

As atuais vice-campeãs olímpicas quase deixaram passar uma vitória que se encaminhava para ser tranquila. Depois de abrir 2 a 0, a Sérvia viu os EUA empatarem a partida, que só foi definida no tie-break (25/22, 25/17, 23/25, 18/25 e 15/11). O resultado fez  o time da ex-jogadora do Rio de Janeiro, Brankica Mihajlovic, largar na frente na etapa final do Grand Prix 2017, que acontece em Nanjing (China).

Como de costume, Mihajlovic foi o destaque da partida, com 25 pontos. Ao lado dela, Tijana Boskovic  também foi decisiva, com 22 pontos. Pelo lado das americanas, Michelle Bratsch e Lauren Gibbemeyer marcaram 17 pontos cada. No coletivo, as sérvias foram mais ofensivas no ataque (60 pontos a 49) e no bloqueio (16 pontos a 12).

Curiosamente, o placar do jogo foi o mesmo da última vez que as seleções se enfrentaram em uma partida decisiva. Nos Jogos Olímpicos do Rio 2016, a Sérvia chegou a sua primeira grande final superando os EUA no tie-break.

Amanhã (3), as americanas vão em busca de recuperação contra a Itália. Já as sérvias folgam e voltam a jogar na quinta-feira (4) também contra as italianas.

O Brasil estreia daqui a pouco, às 08h30 (horário de Brasília) contra a campeã olímpica China.

 

Tem cupom de desconto exclusivo pra você na FutFanatics. Use o código: MV10FUT

2




Deixe um comentário

4 Comentários em "Sérvia supera os EUA na abertura da fase final do Grand Prix"

Auto Notificar:
avatar
Ordenar por:   o mais novo | mais velho | mais votado
Pescador de Ilusões
Visitante

Grande jogo. Sérvia x China na final. Com menos chances, Sérvia x EUA.

Talles
Visitante
EUA é o melhor time do mundo quando ajustar as peças. É o conjunto mais bem organizado taticamente e funciona muito bem coletivamente. Merecia ter levado a vitória! Como foi engraçado ver o time colegial dos EUA quase levar contra o time das sérvias caminhoneiras. Que linha de passe tenebrosa da Sérvia. Elas só tem saque forçado e ataque potente. Inacreditável como chegaram à final olímpica. Penso que EUA devem passar pela Itália e garantirem a classificação, botando pressão nas sérvias e italianas. Na torcida para passarem EUA e Itália. Não vejo de jeito nenhum a Sérvia levando esse Grand… Ler mais »
Nikola
Visitante
Como sempre falo, Murphy e Lowe no Rio 2016 foi o maior erro de Kirally. Ele insistindo na Murphy tendo a Hooker e Fawcett é inacreditável. Murphy é flop. Como comentei ano passado, o boato é que ele não quer uma laranja podre no grupo. Quem é a laranja podre? Hooker, que teve problemas de comportamento no Pesaro, e veio quase de graça p/ o Osasco na temporada posterior, pois estava queimada no exterior. No Osasco tb teve problemas (o caso da mão lesionada num “acidente” domestico). Só que agora, após a maternidade, está diferente no comportamental. Vai entender. Mas… Ler mais »
Sal
Visitante

Incrível como a Sérvia dominou o dois primeiros sets e fez 14 a 7 no terceiro, mas também com a pior jogadora do mundo (A.K.A. Kelly Murphy) não tinha chances mesmo, depois que ela saiu tudo melhorou pras americanas e elas viraram o terceiro set e ganharam o quarto, mas no tie break Sérvia mostrou quem era superior.

wpDiscuz
Translate »