Search
Monday 9 December 2019
  • :
  • :

Sesc RJ quer tirar a invencibilidade do São Paulo/Barueri

Foto: Marcio Mercante

O Sesc RJ terá pela frente o São Paulo Barueri nesta terça-feira (19.11), em confronto válido pela terceira rodada da Superliga feminina de vôlei 19/20. O duelo, marcado para 21h30, no ginásio José Correa, em Barueri, colocará frente a frente os campeões Carioca e Paulista, além de ter os multicampeões Bernardinho e Zé Roberto Guimarães em lado opostos. Ambos os times venceram seus dois compromissos pela competição, estão com seis pontos na classificação, mas, agora, apenas um se manterá invicto. A partida terá transmissão do canal SporTV.

Uma das caras novas do Sesc RJ para esta temporada, e uma das mais experientes do elenco, a levantadora Fabíola aposta numa partida dura e espera que ela e suas companheiras consigam ditar o ritmo do jogo para frear o ímpeto da jovem equipe do São Paulo Barueri.

“Teremos que estar muito focadas na partida desta terça. Por se tratar de uma equipe jovem, que vem com muita confiança, será preciso sacar muito bem para jogar a pressão para o lado delas. Elas conquistaram um título importante, superando grandes times como o Bauru e o Osasco, estrearam bem na Superliga, mas ainda jogam sem a responsabilidade da vitória contra as equipes de maior investimento. Será muito duro, pela qualidade do time e pelo momento delas, mas vamos em busca de uma vitória. A Superliga será muito equilibrada e temos que seguir firmes em nossa batalha”, analisou Fabíola.

Fazendo uma análise sobre o desempenho do Sesc RJ nos dois primeiros compromissos pela Superliga, a levantadora acredita que existe muita margem de melhora. Mas está tudo dentro do planejado, já que o entrosamento só virá com o tempo.

“É muito normal termos momentos de instabilidade ainda por termos jogado pouco na temporada. A tendência é entrosar mais e diminuir o número de erros conforme formos jogando. Acho que é nisso que precisamos focar neste momento, errar menos e ter mais estabilidade. Como disse, enfrentaremos agora uma equipe que jogará solta e de igual para igual, sem dúvida. Fazer um bom resultado dependerá de nós, da postura, de pressionar, de ditar o ritmo e ir para cima”, finalizou a levantadora.

Com seis pontos, o Sesc RJ tem 100% de aproveitamento, mas ocupa a quinta posição na tabela de classificação pelos critérios de desempate. Com a mesma pontuação estão Uberlândia, o adversário desta terça, São Paulo Barueri, e Osasco. O Minas já fez três jogos e lidera a competição com nove pontos.

Mesa Brasil Sesc RJ
Os jogos das equipes feminina e masculina de vôlei do Sesc RJ disputados no Rio de Janeiro têm como entrada 2kg de alimentos não perecíveis, destinados ao ‘Mesa Brasil Sesc RJ’, programa social do Sesc RJ que visa a minimizar os efeitos da fome e do desperdício. Criado em 2000, o Mesa Brasil Sesc, no estado do Rio de Janeiro, recolhe doações de produtos alimentícios em condições de consumo, ainda que eventualmente com baixo valor comercial, e os distribui a instituições de assistência social previamente cadastradas, como asilos, creches, orfanatos, entre outras instituições. O programa atende no estado do Rio de Janeiro a mais de 850 instituições sociais, tendo uma abrangência superior a 90% dos municípios fluminenses. Além das doações, as entidades também recebem mensalmente ações educativas com o objetivo de ensinar o aproveitamento integral de alimentos, com a utilização de cascas, sementes e talos, na elaboração de receitas nutritivas e saborosas.

Os alimentos podem ser trocados por ingressos com antecedência nas unidades do Sesc RJ e em dias de jogos nas bilheterias do Ginásio Álvaro Vieira Lima (Tijuca Tênis Clube), sempre duas horas antes do início das partidas.




Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Auto Notificar:
Translate »