Search
Tuesday 28 January 2020
  • :
  • :

Sesc RJ vence o São Caetano e segue líder da Superliga

Foto: Osvaldo F./Contrapé

Em partida adiantada da 10ª rodada da Superliga feminina de vôlei, o Sesc RJ deu prosseguimento a sua sequência de vitórias na competição. Diante do São Cristóvão Saúde/São Caetano, fora de casa, o time comandado pelo técnico Bernardinho não teve dificuldades de fechar em 3 sets a 0 (25-20, 25-20 e 25-15). Com o resultado, a equipe carioca chegou aos 20 pontos e segue firme na primeira posição da tabela de classificação.

Importantíssima na vitória de hoje, e muito acionada pela levantadora Fabíola nas chutadas, a meio de rede Milka marcou 11 pontos, foi eleita a melhor em quadra e dividiu os méritos com todo o grupo, mas já de olho no próximo compromisso.

“Nosso time está mostrando um crescimento bom. Sempre digo que nosso ponto forte é o grupo e hoje não foi diferente. Nos momentos em que tivemos dificuldades, nos mantivemos juntas. Erramos um pouco mais do que o normal, tivemos dificuldades em algumas bolas e agora temos que aproveitar essa semana para diminuir as falhas, já que jogamos só na outra terça”, disse Mika.

Maior pontuadora do confronto, com 15 acertos, Tandara também não ficou completamente satisfeita com os 3 sets a 0 diante do São Caetano. Para a oposta do Sesc RJ, seu papel em quadra precisa ser mais contundente.

“Estou feliz com o resultado, mas não estou satisfeita. Acredito que eu posso ser mais decisiva, posso aproveitar mais as oportunidades que tenho de definir os ataques. Esse é o meu papel e acabo me irritando com os erros. É preciso ter mais paciência e crescer, como todo o time vem crescendo. É muito bom ver que estamos conseguindo sair dos momentos de dificuldade e a tendência e melhorar”, analisou Tandara.

Compromisso fora das quadras
O próximo compromisso do Sesc RJ será fora de quadra, nesta quinta-feira (05.12). Jogadoras e comissão técnica têm compromisso marcado nos Jogos Adaptados Sesc 2019, que serão realizados na unidade Sesc Nogueira, em Petrópolis. O grupo vai até a Região Serrana do Rio onde irá interagir com cerca de 250 crianças, entre elas algumas com necessidades especiais, além de ensinar os fundamentos do vôlei. A atividade está marcada para as 15h30 e o público interessado poderá assistir de perto as craques interagindo com os alunos.

De volta à Superliga
O Sesc RJ volta a entrar em quadra pela Superliga feminina de vôlei na próxima terça-feira (10.12), quando receberá o Pinheiros, no Tijuca Tênis Clube, às 19h30. Os torcedores que quiserem adquirir ingressos antecipadamente para o confronto, podem trocar uma entrada por 2 kg de alimentos não perecíveis em qualquer unidade Sesc RJ, até domingo (08.12). No dia do confronto, a troca será feita nas bilheterias do ginásio, a partir das 17h30. Os donativos serão revertidos para instituições de assistência social previamente cadastradas no Mesa Brasil Sesc no estado do Rio de Janeiro.

O confronto entre Sesc RJ e Pinheiros terá transmissão do Canal Vôlei Brasil através do Pay Per View. Os torcedores do Sesc RJ que queiram fazer a assinatura de um plano terão 10% de desconto ao usarem o cupom SESCRJFEMININO10 acessando pelo link: http://bit.ly/2WWS9qe.

O Jogo
O São Caetano conseguiu seguir de perto o Sesc RJ no placar até metade do primeiro set. Com dois bloqueios seguidos, um de Milka e outro de Tandara, a equipe carioca abriu 13-9. Após alguns erros, as donas da casa voltaram a encostar (13-12), mas logo em seguida o time de Bernardinho voltou a abrir três pontos: 16-13 com Tandara, num ataque na saída de rede. A partir daí, a diferença só aumentou. Yonkaira fez 23-18 num ataque de meio fundo e Milka fechou, aproveitando uma bola de graça: 25-20.

A segunda parcial começou com São Caetano liderando o marcador. Com Yonkaira bloqueada duas vezes, as donas da casa fizeram 8-5 e obrigaram Bernardinho a parar o jogo. As recomendações do treinador carioca deram certo e logo depois o Sesc RJ virou e já tinha uma boa vantagem: 13-10 em um erro da recepção do time paulista. Este fundamento seria fundamental para o desfecho do set. Em três erros seguidos do passe do São Caetano o time carioca fez 19-11. Foi só manter a tranquilidade e esperar outro erro: 25-20, após a recepção falhar novamente num saque de Yonkaira.

O saque do Sesc RJ seguiu fazendo estragos na recepção do São Caetano. Amanda fez um ace e a equipe carioca já tinha 8-5 no placar. Juciely também marcou no serviço, ampliando a vantagem: 10-6. Com tranquilidade, o time de Bernardinho foi se impondo e no final, em um erro das donas da casa, fechou em 25-15.




Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Auto Notificar:
Translate »