Search
Wednesday 19 June 2019
  • :
  • :

Sheilla e Venturini apostam no Top Volley para fortalecer Unilever na Superliga

 

 

 02/12/11 – Uma oportunidade para fortalecer o grupo e ganhar entrosamento para a Superliga. É assim que a oposto Sheilla e a levantadora Fernanda Venturini encaram a participação da equipe feminina de vôlei da Unilever no Top Volley, tradicional torneio de clubes disputado na Basileia, Suíça, mesmo que signifique passar o Natal e o ano-novo longe de casa – o time viaja no dia 25. No Top Volley, a Unilever vai lutar pelo tricampeonato, depois de vencer a competição em 2006 e 2009.

 

"As jogadoras da seleção se juntaram à Unilever somente agora, no fim de novembro, e teremos pouco tempo para entrosar o grupo. Por isso, a importância ainda maior do Top Volley, que, tradicionalmente, tem um bom nível técnico e servirá como preparação para os jogos da Superliga", comenta Sheilla, que, ao lado da meio-de-rede Juciely, esteve na edição de 2002, representando o MRV/Minas.

A levantadora Fernanda Venturini, que nunca disputou a competição, também gosta da ideia de "enfrentar adversários fortes" neste início de temporada. "Na Suíça, vamos conseguir ter fortes equipes pela frente, o que nos ajudará a não perder o foco durante o recesso de fim de ano. Particularmente, estou bem fisicamente e agora preciso jogar, jogar e jogar para pegar ritmo", afirma.

O assistente-técnico Ricardo Tabach lembra que a viagem também será importante para o entrosamento da equipe fora de quadra. "Temos algumas jogadoras novas no grupo e elas terão a oportunidade de conviver mais intensamente, passar bastante tempo juntas, o que é sempre importante nesse início de temporada para facilitar o entrosamento de todos", diz Tabach, que, ao lado de Hélio Griner, também assistente-técnico, acompanha o técnico Bernardinho desde a criação da equipe Unilever, em 1997, na cidade de Curitiba.

A edição 2011 do Top Volley reúne seis equipes. Além da Unilever, participam da competição o Dinamo Bucarest, da Romênia, o Volero Zürich, da Suíça, campeão nacional na temporada, o Rabita Baku, do Azerbaijão, atual campeão mundial de clubes, o Racing Club de Cannes, da França, e o Severstal Cherepovets, da Rússia.

A disputa começa no dia 27, com dois jogos da fase classificatória para o grupo da equipe carioca – a Unilever vai enfrentar, na sequência, Dinamo Bucarest e Volero Zürich. Os dois primeiros do grupo passam para as semifinais, no dia 28. A decisão do título será no dia 29.

Campeonato Carioca

A Unilever já conhece seu adversário da decisão do Campeonato Carioca 2011, nesta segunda-feira (5/12), no ginásio do Tijuca Tênis Clube, às 20 horas, com transmissão do SporTV. Na final, enfrentará a equipe do Macaé, que, na fase classificatória, derrotou o Universo e o Flamengo, perdendo apenas para a Unilever.

Na preparação para a Superliga, a Unilever disputou dois jogos-treino, de cinco sets cada um, contra a equipe do Usiminas/Minas, quarta e quinta-feiras (dias 30/11 e 1/12), na Escola de Educação Física do Exército, na Urca, zona sul do Rio de Janeiro. Na quarta, venceu os cinco sets (25/17, 25/18, 26/24, 25/21 e 15/8); na quinta, levou a melhor em três (25/20, 24/26, 22/25, 25/19 e 15/7). A Unilever já conta com todas as 14 jogadoras contratadas para a temporada 2011/12.




Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Auto Notificar:
Translate »