Search
Wednesday 21 August 2019
  • :
  • :

Sul-Americano: Itambé/Minas e Dentil/Praia Clube decidem título neste sábado (23)

No início do mês, a equipe de BH conquistou a Copa Brasil sobre o time de Uberlândia. (Foto: Rodrigo Ziebell)

O Itambé/Minas fez o seu dever de casa. Na noite dessa sexta-feira, na Arena Minas Tênis Clube, em Belo Horizonte, o time bateu o San Lorenzo, da Argentina, por 3 sets a 0 (25/22, 25/12 e 25/19), e decide o título do Campeonato Sul-americano Feminino de Clubes contra o Dentil/Praia Clube, que venceu o Club Olympic (3 a 0), da Bolívia, e divide a liderança da competição com a equipe minastenista. A ponteira Lana foi o destaque do jogo, com 10 pontos.

Em busca do quarto título, o Itambé/Minas contará com o apoio do torcedor na partida que definirá o campeão e o representante do continente no Campeonato Mundial de Clubes, em dezembro, na China. O duelo será neste sábado (23/2), às 13h30. Antes, às 11h30, o clássico argentino entre Boca Juniors e San Lorenzo define o terceiro colocado do torneio. O Sportv transmite os jogos deste sábado.

Os ingressos para o último dia de disputa estão à venda na internet (Clique AQUI para comprar). Os torcedores também podem adquirir as entradas na bilheteria da Arena MTC, caso ainda tenha disponibilidade. Tanto a bilheteria quando os portões do ginásio da rua da Bahia serão abertos às 10h30 deste sábado.

A Itambé, patrocinadora máster do time minastenista, vai distribuir camisas exclusivas da Torcida Itambé/Minas aos 150 primeiros torcedores que estiverem na fila da ação promocional e que doarem 1kg de alimento não perecível. As camisas começarão a ser distribuídas no mesmo horário de abertura dos portões.

A ponteira Gabi espera um jogo difícil contra o Praia, mas garante que a equipe entra forte na briga pelo título continental. “Tivemos alguns jogos preparatórios, que foram bons para todo mundo conseguir pegar um ritmo. A gente sabe que a nossa final é neste sábado. Tivemos três partidas contra o Praia e vencemos todas neste ano, mas sabemos que será difícil. O Praia vem evoluindo cada vez mais, a gente viu isso na Superliga, e está se encaixando cada vez mais com a Lloyd. É clima de final e tudo pode acontecer, acho que a emoção vai tomar conta de quem jogar com mais vibração. Virou uma rivalidade grande e estou muito feliz em contracenar essa final mineira do Sul-americano e vamos com tudo. Vamos estudar bastante o time delas e descansar um pouco, pois temos pouco mais de 24h. Queremos muito este título e vamos com tudo para conquistar a vaga no Mundial no fim do ano”, comentou a ponteira minastenista.




Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Auto Notificar:
Translate »