Search
Tuesday 15 October 2019
  • :
  • :

Superliga Feminina: Em grande noite de Kosheleva e com passe instável do Vôlei Osasco, Sesc-RJ vence clássico nacional

Com a vitória, o Sesc-RJ vai à terceira colocação, com 15 pontos, e o Osasco está em sexto, com 12 (Foto: Divulgação/Sesc-RJ)

 

Em mais um capítulo da história do maior clássico do vôlei feminino do Brasil e um dos maiores do mundo, o Vôlei Osasco-Audax foi superado pelo Sesc-RJ. Na noite desta sexta-feira (14), no ginásio do Tijuca, no Rio de Janeiro, as cariocas venceram por 3 sets a 0, parciais de 25/19, 25/23 e 25/12, em 1h27min.

 

O troféu Viva Vôlei ficou com a oposto Monique, responsável por 12 pontos. A russa Tatiana Kosheleva foi a maior pontuadora do embate, com 14 bolas no chão, seguida pela central Nati Martins, com 13.

 

Capitã do Vôlei Osasco-Audax, Walewska comentou a partida no Rio de Janeiro. “Foi um confronto contra um adversário direto na tabela de classificação. E é sempre um grande clássico. Nós fizemos um bom treino tático ontem (quinta-feira, 13), mas não conseguimos trazer o que foi trabalhado para a quadra nesta noite. É muito difícil, pois não foi um 3 a 0 típico. A gente pode até perder por 3 a 0, mas de forma mais competitiva, mais brigada. Agora precisamos procurar as respostas e os meios para as correções necessárias”, afirmou a central.

 

O jogo – O passe não encaixou no primeiro set e o Vôlei Osasco-Audax sofreu com o saque do Sesc. Com isso, as adversárias abriram uma vantagem que chegou a dez pontos (18/8). O técnico Luizomar tentou de tudo para acertar sua equipe. Gastou seus dois pedidos de tempo antes da metade da parcial. Usou a inversão, com Carol Albuquerque e Lorenne. Colocou em quadra as ponteiras Paula Pequeno e Vivi. Aos poucos, a equipe reagiu e equilibrou as ações, mas a diferença no placar era muito grande e as donas da casa fecharam em 25/19.

 

O Vôlei Osasco saiu perdendo o segundo set com quatro pontos atrás (5/1), mas se equilibrou e igualou as ações. Empatou no 8/8 e virou no 9/8 com dois aces de Nati Martins. Sacando melhor e conseguido ajustar o passe, as comandadas de Luizomar entraram de vez no jogo. Walewska, em duas bolas de xeque, colocou as visitantes na frente, no 12/11 e no 23/23. Porém, contra-ataques desperdiçados fizeram falta e, no final, o Sesc fechou também a segunda parcial, desta vez por 25/23.

 

O início do terceiro set foi outro tormento para o Vôlei Osasco. Luizomar precisou pedir tempo quando o Sesc fez 4/0. No 5/1, o treinador colocou Carol Albuquerque e Lorenne em quadra na inversão. A recepção voltou a apresentar falhas e as cariocas chegaram ao 10/2. Na tentativa de endireitar o passe, Paula Pequeno voltou para o jogo. Mas os erros continuaram e o treinador parou a partida novamente, no 12/3 a favor das donas da casa. Sem forças para reagir, as atletas osasquenses acabaram superadas por 25/12 na parcial e 3 sets a 0 na partida.

 

O Vôlei Osasco-Audax entrou em quadra com Claudinha (1), Hooker (8), Walewska (10), Nati Martins (13), Mari Paraíba, Angela Leyva (7) e a líbero Camila Brait. Técnico: Luizomar de Moura. Entraram: Carol Albuquerque (1), Lorenne (1), Vivi (1), Paula Pequeno (3).

O Sesc-RJ entrou em quadra com Roberta (4), Monique (12), Peña (11), Kosheleva (14), Juciely (12), Mayhara (3) e a líbero Gabi. Técnico: Bernardinho. Entraram: Carol Leite, Kasiely, Vitória.




Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Auto Notificar:
Translate »