Search
Wednesday 29 January 2020
  • :
  • :

Superliga: Molico/Osasco estreia diante do Maranhão

João Pires/Fotojump

O Molico/Osasco conquistou o Campeonato Paulista há menos de uma semana, mas o calendário faz com que o título fique de lado porque nesta terça-feira (11/11) a equipe estreia na Superliga 2014/15, competição mais importante do vôlei brasileiro. O time de Osasco faz seu primeiro jogo como visitante diante do Maranhão/Cemar, às 20h15, no ginásio Castelinho, em São Luís-MA.

Na edição 2013/14, o Molico venceu o adversário, que fazia sua primeira temporada no torneio, e teve uma recepção calorosa da população de São Luís. “Vamos enfrentar um time empolgado e com uma torcida apaixonada. No ano passado foi emocionante jogar no Maranhão porque, além de ser uma torcida que lota o ginásio e apoia seu time, eles também respeitam muito os adversários. A equipe foi bem recebida pelos fãs de vôlei do Maranhão e espero que aconteça novamente”, afirma o técnico Luizomar Moura.

Com relação ao jogo, o treinador está preocupado com a pouca informação sobre o adversário. “Temos poucas informações e isso me preocupa. O Maranhão não participou de nenhum torneio oficial, por isso, não temos quase nada sobre eles. Portanto, vamos ter que estabelecer um plano tático de acordo com as características individuais das principais jogadoras e dentro da partida ser extremamente disciplinado caso tenhamos que mudar algo. Conhecemos bem três delas porque estavam em Osasco até a temporada passada (Larissa, Ana Maria e Talita)”, completa o treinador.

Para Camila Brait, a expectativa é a melhor possível para mais uma Superliga. “Ficamos felizes com o título Paulista, mas agora é virar a página e pensar totalmente na Superliga, um campeonato longo, desgastante. Precisaremos do grupo inteiro. Para essa primeira partida contra o Maranhão temos de tomar cuidado com o saque delas. Talita, Ana Maria e Larissa sacam muito bem. Sabemos que será um jogo duro, ainda mais por ser estreia, mas estamos preparadas”, comenta a líbero.

A central Adenízia destaca a relevância da torcida para o rival e o fato do treinador conhecer bem a equipe do Osasco. “O Maranhão conhece bem a gente porque tem jogadoras que estavam em Osasco na temporada passada. Elas conhecem nossas características individuais e isso vai ajudar muito o Chicão (técnico). Além disso, contarão com a força da torcida, fator importantíssimo para eles. Nós jogamos lá na temporada passada e sentimos as dificuldades com o calor e os torcedores empurrando o time da casa”. 




Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Auto Notificar:
Translate »