Search
Thursday 17 October 2019
  • :
  • :

Superliga: No tie-break, Itambé/Minas vence Dentil/Praia Clube no primeiro jogo da final

Foto: Wander Roberto/Inovafoto/CBV

A final da Superliga Cimed 2018/2019 começou com o Itambé/Minas vencendo o Dentil/Praia Clube por 3 sets a 2 (28/26, 25/22, 17/25, 17/25 e 15/6). Neste domingo (21), as comandadas do técnico Stefano Lavarini conseguiram frear uma grande reação do time de Uberlândia e abriram vantagem na decisão, para alegria dos milhares de torcedores que compareceram ao ginásio Mineirinho.

Gabi Guimarães marcou 22 pontos e foi eleita a melhor jogadora da partida, enquanto Natália e Bruna Honório contribuíram com 16 acertos, cada.

Apesar da derrota, o Praia contou com uma bela atuação de Nicole Fawcett. A oposto norte-americana marcou 30 pontos, enquanto a central Carol foi disparada a maior bloqueadora, com 9 pontos no fundamento. Ao todo, ela fez, 13. Preocupação para o time também ficou com a lesão sofrida por Fernanda Garay ainda no primeiro set, que a tirou da partida. Ela foi substituída por Rosamaria no decorrer do confronto. No lugar de Michelle, Ellen também foi uma das responsáveis pelo crescimento da equipe no terceiro e no quarto set.

A segunda partida da final acontece na próxima sexta-feira (26), em Uberlândia, às 21h30. Em caso de empate, o terceiro jogo será realizado novamente em Belo Horizonte, no dia 3 de maio.

O jogo

A final teve início equilibrado, mas com ligeira vantagem do time praiano (2 a 5), após Bruna Honório tocar na rede. Na sequência, o empate veio com Gabi bloqueando Garay (5 a 5). Com um ponto de bloqueio e um de largada, Fawcett colocou o Praia novamente na frente (7 a 9). A seguir, Lavarini pediu tempo quando Bruna atacou para fora. No contra-ataque, o time de BH marcou 3 pontos seguidos e empatou. Com equilíbrio mantido, Lloyd bloqueou Natália (13 a 14).

Desperdiçando oportunidades, o Praia viu o Minas abrir 19 a 16, com a levantadora Bruninha no saque. Vindo do banco no lugar de Michelle, Rosamaria apareceu no ataque e no bloqueio para empatar em 21 a 21, até que Garay bloqueou Mara para o Praia chegar ao set point (23 a 24). A ponteira, na volta do tempo do Minas, caiu durante uma jogada e sentiu e precisou ser retirada do jogo. Ellen entrou no lugar dela. O set point foi para o Minas com um ataque de Gabi (25 a 24), mas Fawcett manteve as praianas vivas. Com Bruna no ataque e um ataque errado de Carol, as anfitriãs fizeram 28 a 26 (1 a 0).

Rosamaria foi a escolha de Paulo Coco para iniciar o segundo set no lugar de Garay. Do outro lado, o Minas manteve a concentração e abriu 3 a 1. Contando com Fawcett inspirada, o Praia empatou 4 a 4. Inconstante na recepção, a equipe de Paulo Coco viu o adversário agressivo no ataque para voltar a ter vantagem (8 a 5). Na volta, Fawcett e Rosamaria fizeram o Praia empatar (9 a 9). Seguindo, a capitã Fabiana voltou a aparecer na rede (11 a 12), seguido por outro bloqueio de Rosamaria, desta vez em Bruna (11 a 13), obrigado Lavarini a parar o confronto. E deu resultado, o Minas virou em 15 a 14 e abriu com um ace de Bruna, fazendo Paulo Coco solicitar tempo. Com Carol no bloqueio, o Praia diminuiu (17 a 16), mas Gabi seguiu virando importantes bolas. Do outro lado, Carol subiu para bloquear Gattaz, mas a capitã confirmou ataque (19 a 18). Novamente, o Praia vacilou e viu a possibilidade de empate diminuir (22 a 19). Contando com ataques de Gabi e Gattaz, o Minas fechou em 25 a 22 (2 a 0).

Embalado, o Minas abriu 3 a 0 na terceira parcial. Ellen, chamada no lugar de Michelle, diminuiu e Carol parou Natália no ataque (3 a 2), mas Fabiana errou saque. O time de Uberlândia demonstrou reação com Carol e Fawcett (5 a 7) e Lavarini pediu novo tempo, mas as praianas seguiram abrindo (6 a 10). Com um erro de Gattaz, a vantagem foi para 7 a 12. Novamente com Carol parando Bruna, o Praia fez 11 a 16. Após pedido de tempo de Lavarini, o Minas diminuiu, mas Fawcett seguiu desequilibrando (15 a 19). Natália atacou na rede (16 a 20), mas a oposto norte-americana errou o saque. Rosamaria pontuou no ataque e Ellen bloqueou Bruna Honório (17 a 22). Para seguir vivo no jogo, o Praia diminuiu e fechou o terceiro set em 17 a 25 (1 a 2).

Disposto a levar a partida para o tie-break, o Praia começou abrindo 2 a 4, mas Gattaz diminuiu. Após pedido de tempo do Minas, Rosamaria pontuou novamente (4 a 8). Esboçando reação, Macris fez um ponto de ace e Paulo Coco parou a partida (7 a 9). Na volta, a levantadora fez novo ponto no fundamento. A vantagem voltou para o Praia com Lloyd no saque e Fawcett pontuando (9 a 13). Mesmo com inversão de Malu e Bruninha nos lugares de Bruna e Macris, as praianas ampliaram vantagem com Rosamaria (11 a 17). A inversão foi desfeita, mas o Praia seguiu ampliando (12 a 20). Errando mais, o Minas ainda tentou uma reação, mas a parcial foi encerrada em 17 a 25 (2 a 2), com Fawcett no ataque.

Gattaz abriu a parcial decisiva pontuando e, com Mayany no lugar de Mara, o Minas abriu 4 a 1, após ataque de Bruna, obrigando Paulo Coco a parar. Aproveitando o bom momento, a vantagem aumentou para 6 a 1, depois de uma bola na rede de Fawcett. Com Ellen, o Praia voltou a pontuar (7 a 2), mas Natália chamou a responsabilidade. Mayany parou Rosamaria e a vitória começou a ser desenhada (10 a 3), confirmada em 15 a 6.

Escalações iniciais

Itambé/Minas: Macris, Bruna Honório, Natália, Gabi Guimarães, Carol Gattaz, Mara e Léia (líbero)
Técnico: Stefano Lavarini

Dentil/Praia Clube: Carli Lloyd, Nicole Fawcett, Fernanda Garay, Michelle, Fabiana, Carol e Suelen (líbero).
Técnico: Paulo Coco




Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Auto Notificar:
Translate »