Search
Tuesday 12 November 2019
  • :
  • :

Taiana e Talita são campeãs do Grand Slam de Xangai

Foto: FIVB

 

Após a prata de Bruno Schmidt/Pedro Solberg e o bronze de Ricardo/Álvaro Filho na véspera, neste domingo (05/05) foi a vez de as mulheres brasileiras encantarem o mundo. Taiana e Talita sagraram-se campeãs na China, arrasando a dupla austríaca na final, enquanto as irmãs Maria Clara e Carol ainda garantiram o terceiro lugar.

Pode-se dizer que a dupla Taiana/Talita, formada na atual temporada, fez história no imponente Beach Volleyball Centre Court. Poucos títulos foram tão incontestáveis como o que conquistaram em Xangai, apesar de não ter sido de forma invicta, pois perderam para Maria Elisa e Ágatha na fase de grupos. Neste domingo, em dois jogos decisivos, elas simplesmente não tomaram conhecimento de suas adversárias, deram um show de voleibol e venceram a semifinal e a decisão com sobras.

Na semifinal brasileira contra as irmãs Maria Clara e Carol, uma vitória até certo ponto surpreendente pela elasticidade do placar: 2 sets a 0, parciais de 21-15 e 21-11. E o que dizer do resultado da final? Contra outras irmãs, desta vez as austríacas Schwaiger D. e Schwaiger S., Taiana e Talita beiraram à perfeição, com uma atuação de gala, sem dar qualquer chance para a dupla da Áustria. No fim, uma impiedosa vitória por 2 a 0 (21-13 e 21-11), o primeiro título internacional da parceria e mais 800 pontos no ranking mundial.

“Estou muito feliz por ter vencido com minha nova equipe, minha nova parceira”, desabafou Taiana logo após o título, sua primeira medalha de ouro em oito participações no Circuito Mundial. Ela só tinha subido ao pódio da competição outras duas vezes, com um segundo lugar em 2010 e uma terceira colocação em 2011.

“Taiana jogou demais e estou muito feliz por ela ter conquistado sua primeira medalha de ouro no Circuito. Conseguimos ajustar vários pontos para ganhar aqui em Xangai e sinto que estamos fazendo um bom trabalho pelo Brasil”, comentou Talita, que subiu ao lugar mais alto do pódio do Circuito Mundial pela 14ª vez na carreira.

Na disputa pelo terceiro lugar, Maria Clara e Carol tiveram dificuldade para superar a dupla holandesa formada por Van Gestel e Meppelink, mas, impondo um bom ritmo, venceram de virada: 2 a 1, parciais de 16-21, 21-19 e 15-8, e um lugar no pódio. Com isso, a dupla soma mais 640 pontos no ranking.

“Foi muito difícil para nós jogar o primeiro set contra as holandesas, porque ainda estávamos sentindo a semifinal. Então, eu disse: ‘é nosso último jogo aqui e precisamos fazer o melhor, podemos jogar melhor, mesmo se perdermos’. Conseguimos reagir, jogar bem e garantir o terceiro lugar. Foi demais”, disse Maria Clara, que completa 30 anos nesta segunda-feira.

Após as duas primeiras etapas na China, o Circuito Mundial 2013 volta a entrar em cena com o Grand Slam de Corrientes, na Argentina, entre os dias 22 e 26 de maio. A delegação brasileira retorna ao Brasil nesta terça-feira (07/05), com um total de quatro medalhas na bagagem: no Open de Fuzhou nenhuma dupla verde e amarela subiu ao pódio, redimindo-se no Grand Slam de Xangai.

 




Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Auto Notificar:
Translate »