Search
Wednesday 11 December 2019
  • :
  • :

Tifanny: “A nossa luta é diária, mas vejo que o Brasil está mudando aos poucos”

Atleta em imagem promocional do clube.

Por Júnior Barbosa

No último domingo (10), Tifanny Abreu fez história. Quando entrou em quadra para defender o Vôlei Bauru, ela se tornou a primeira atleta trans a atuar em uma partida oficial da Superliga Feminina. Apesar do revés e de ter voltado a atuar após meses de recuperação devido a uma cirurgia na mão esquerda, ela marcou 15 pontos atuando como oposto.

A atleta chegou ao time bauruense em julho deste ano, após encerrar sua participação na temporada com clube da segunda divisão italiana. Desde então, ela permaneceu treinando regularmente com o elenco.

Inicialmente, as pretensões de Tifanny com o Vôlei Bauru eram apenas as de recondicionar-se fisicamente e, tão logo entrasse em forma, retornar à Europa, onde já atuou por equipes de diversos países. No entanto, a boa receptividade não só do time bauruense, mas também dos torcedores, e o fato de ficar mais perto dos familiares pesaram para a atleta recuar de sua ideia de voltar ao Velho Continente e formalizar contrato até o final da temporada com a equipe paulista.

“Depois de oito meses sem jogar, foi maravilhoso. Estar diante de uma torcida linda como é a nossa e também receber boas vibrações de muita gente pela televisão foi muito especial. Espero poder representar cada um dos meus fãs com o meu melhor e deixá-los muito orgulhosos”, disse Tifanny.

Apesar da temporada irregular do Bauru até o momento, ela está otimista. “A primeira fase foi muito difícil pois tivemos contusões da Paula Pequeno e da Gaby Cândido, que só agora retornou aos treinos. Isso dificultou bastante porque o Fernando (Bonatto, treinador) estava sem opções no banco. Agora que estamos com o time completo, poderemos chegar a um resultado melhor”, acrescentou.

Sobre o atual momento, Tifanny comemora. “Fui recebida com muito amor e carinho pelo Vôlei Bauru. Só tenho a agradecer todos os dias por esta oportunidade. Não gostei do meu primeiro jogo, mas vou treinar muito para melhorar o meu desempenho”.

A atleta também reconhece a importância da sua representatividade para o esporte. “Tive propostas da Itália e da Bélgica, mas decidi ficar aqui. A nossa luta é diária, mas vejo que o país está mudando aos poucos. Depois de 6 anos fora, posso dizer que o Brasil está cada dia mais respeitoso e amoroso.”

O próximo desafio de Tifanny com o Vôlei Bauru será no próximo dia 19, diante da torcida, contra o Pinheiros.

 

Quer aproveitar as promoções da Futfanatics? Corre lá que os preços estão incríveis!




10
Deixe um comentário

avatar
2 Comment threads
8 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
8 Comment authors
larissa closeMiguel TerassiACEITA FLORMarivaldaBRUNECA MODENA Recent comment authors
  Subscribe  
o mais novo mais velho mais votado
Auto Notificar:
Giovanna
Visitante
Giovanna

Nao é uma questao de discriminaçao, é apenas uma questao simples..”ela” nasceu homem, é homem. Por mais q sua alma seja feminina, seu corpo, sua formaçao genetica é masculina, nem com toda transformaçao e tramentos hormonais seu corpo sera 100% feminino. Falo isto, por que sou trans e sei do que estou falando. Desculpa, mas a força no taque, a desenvoltura em quadra, é mto superior das demais. Acho q todos teem sim liberdade p mudar suas vidas, mas nao queira impor suas regras e querer q todos te aceitem. Repito, minhas palavras sao apenas uma forma de ver q… Ler mais »

Zé Roberto
Visitante
Zé Roberto

Giovanna, respeito a sua opinião, mas descordo! Vemos muita força e impulsão no vôlei femino! Ou vc nunca viu a Paola Egonu jogando? Ou até mesmo as cubanas! Já viu como a Boskovic salta? A Thaisa, a Zhu e muitas outras são bem mais altas que a Thifany!! E independente desse monte de comparação, ela foi APROVADA e LIBERADA para jogar volei femino pela FIVB e pela COI!!!!!! Passou por todos os testes exigidos!!!!!!! Então …. acho que já justifiquei o fato de descordar de vc!!

Giovanna
Visitante
Giovanna

Ze Roberto, vc tem razao. Acho q minha forma de pensar estar totalmente equivocada. Desejo mta sorte p Ela( Tifanny). Obrigado por me corrigir.

Miguel Terassi
Visitante
Miguel Terassi

Nossa! Boskovic e Zhu são mais machos que alguns jogadores do masculino: saltam e tem mais força que muitos!

larissa close
Visitante
larissa close

Miguel mais macho que A SUA MAE IMPOSSIVEL KKKKKKKKKKK e o time do Sesc das caminhoneiras e a Gremlins machuda bolacha. Sua mae fez a ba4ba hoje Miguel?

BRUNECA MODENA
Visitante
BRUNECA MODENA

pQp VOCE NAO CANSA NAO VIADO? ESSE GAY VELHO RECALCADO TODO POST QUE TEM ZE ROBERTO, ROSAMARIA, TANDARA, RAPHA, WILLIAN, MARCELO MENDEZ, DANI LINS, CRUZEIRO E AGORA TIFFANY, ESSE FDP VEM DIFAMAR. TODO POST SOBRE A TIFFANY ESSE MAL AMADO POSTA CALUNIAS SOBRE TRANS, GAYS, UM VIADO ENRUSTIDO HOMOFOBICO KKKKK NAO SE ACEITA. PROBLEMA É QUE VOCE É UM VIADO MAL COMIDO TRISTE MAL AMADO E ACHA QUE TODO MUNDO TEM DE SER IGUAL VOCE. UMA PESSOA REALIZADA COMO A TIFFANY NO SEU MUNDINHO DE TREVAS NAO PODE EXISTIR. TODO MUNDO TEM DE SER UM MERDA IGUAL VOCE NA SUA… Ler mais »

Marivalda
Visitante
Marivalda

Esse doido entra no blog do Voloch com varios nomes e fica caluniando jogadores e técnicos que nao jogam no Rio,

e elogiando Bernardinho, Bruneca PAM passiva até a morte largona, e quem joga no Rio, no SESC. Ele acha que todo mundo é idiota kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

ACEITA FLOR
Visitante
ACEITA FLOR

Isso é inveja, porque hoje em dia você pode ser o que quiser, portanto se você não é feliz, o problema é seu e não dos outros, ela é e acabou!

Bruneka
Visitante
Bruneka

Tifany seja bem vinda . Ahazah. Seja cravadeira no ataque , maior pontuadora que o Ze te chama pra selecao. As meninas da selecao todas te apoiam.

Miguel Terassi
Visitante
Miguel Terassi

Queria ver o Brasil ser campeão olímpico com uma Tiffany Abreu no elenco. rs
Seria um tapa tão dado na cara da sociedade conservadora brasileira.

Translate »