Search
Saturday 21 October 2017
  • :
  • :

Veja como foi a estreia da Seleção Brasileira Sub-20 no BRICS Games, na China

Crédito: Reprodução/CBV

 

A Seleção Feminina Sub-20 do Brasil está na China para a disputa do BRICS Games, uma competição que reúne os países do bloco econômico (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul), em Cantão, e reúne atletas do voleibol feminino e do basquete masculino. A participação brasileira serve como preparação para o mundial da categoria que acontece no próximo mês, entre os dias 14 e 23, no México.

 

Neste domingo (18/06), as meninas comandadas pelo técnico Haírton Cabral estrearam com vitória tranquila contra a África do Sul por 3 sets a 0 (25/4, 25/7 e 25/9). O próximo desafio será nesta segunda-feira (19/06), contra a Rússia, que também participa da competição com o time Sub-20.

 

As atletas que viajaram para a competição foram: Diana Duarte (central – 1,93m), Lorena Viezel (central – 1,90m), Pietra Jukoski (ponteira – 1,89m), Glayce Kelly (ponteira – 1,84m), Nyeme (líbero – 1,75m), Yvea dos Santos (central – 1,94m), Amanda Sehn (levantadora – 1,82m), Karina Barbosa (ponteira – 1,79m), Jackeline Moreno (levantadora – 1,74m), Kimberlly Lacerda (oposto – 1,90m), Julia Bergamann (ponteira – 1,90m) e Tainara Santos (oposto – 1,86m).

 

Fonte das Alturas: Confederação Brasileira de Vôlei (CBV)

 

TABELA BRICS GAMES 2017

18.06 (DOMINGO) BRASIL 3×0 África do Sul (25/4, 25/7 e 25/9)

19.06 (SEGUNDA-FEIRA) BRASIL x Rússia – às 4h30 (horário de Brasília)

20.06 (TERÇA-FEIRA) BRASIL x Índia – às 4h30 (horário de Brasília)

21.06 (QUARTA-FEIRA) BRASIL x China – às 3h30 (horário de Brasília)

 

Já conferiu as promoções de camisas de vôlei na FutFanatics? Corre lá

7




Deixe um comentário

5 Comentários em "Veja como foi a estreia da Seleção Brasileira Sub-20 no BRICS Games, na China"

Auto Notificar:
avatar
Ordenar por:   o mais novo | mais velho | mais votado
Leona
Visitante

Olha que geração a se investir, gente!!! Olha a altura das gurias?!?! Que alegria!

Henrique Lares
Visitante

E uma geração promissora, os destaques são as 2 centrais Diana nº 2, Lorena n°3, a oposta Tainaraº17 e a ponteira Júlia nº16 (é da seleção infanto ainda), se tratando de renovação, penso que já deveriam estar pelo menos treinando com a seleção principal, porque falar em renovação convocando jogadoras de 30 anos é ridículo. Deveriam mudar o discurso pelo menos.

TITANIC 100 ANOS
Visitante

PENSO COMO QUASE TODOS DO SITE. MENINAS ALTAS E PROMISSORAS TEMOS, MAS TÃO CEDO ESTARAO NA EQUIPE PRINCIPAL. A CHINA OUSOU E DEU NO QUE DEU: OURO. EUA, ITÁLIA, SÉRVIAS TODAS AS SELEÇÕES INVESTEM EM JOGADORAS NOVAS E ALTAS. E NÓ TEMOS QUE NOS CONTENTAR COMO monique (1,50m), gabi (1,40) e outra gabi de (1,65) ,,,,,,,,,,,,

Henrique Lares
Visitante

Sheilla, Fabiana, Sassá, Natália, Thaísa, Waleska, Mari por exemplo, foram convocadas para seleção principal e disputaram competições quando ainda eram juvenis, não sei porque nesse ciclo o ZRG, aparentemente, mudou a filosofia.

Paulo
Visitante

Na verdade, quem as trouxe para a seleção adulta foi o Marco Aurélio Motta, porque as mais experientes o vetaram. ZRG apenas herdou um trabalho iniciado pelo MAM, que foi boicotado à época. Agora, embora jovens, aquela geração tinha sido campeã mundial e a atual ainda não.

wpDiscuz
Translate »