Search
Thursday 23 January 2020
  • :
  • :

Vivian, capitã do Pinheiros, comemora o título da Copa Brasil

Crédito: Alexandre Arruda/CBV

Crédito: Alexandre Arruda/CBV

 

No último sábado, o Pinheiros protagonizou uma partida emocionante ao derrotar o Sesi SP, no tie break, em partida que valia o título da Copa Brasil. A central Vivian Pellegrino, capitã da equipe, não pôde atuar na semifinal, contra o Rexona Ades, e iniciou a grande final no banco de reservas, devido a uma contusão na região abdominal. Porém, a jogadora não desanimou e ressaltou a força do grupo. “Claro que é difícil ficar de fora, ainda mais por causa de uma lesão. Nós queremos estar sempre bem, queremos tentar ajudar o time de todas as formas, mas são coisas que fogem do nosso controle. No entanto, esse campeonato foi só mais uma prova do quanto nosso time é homogêneo. Todas tem condições de estar em quadra e as meninas que vieram do banco jogaram muito bem”.

 

Durante o quarto set da decisão, o técnico Wagão solicitou a entrada de Vivian, no lugar da central Fran. Com a capitã em quadra, o Pinheiros conseguiu reduzir a eficiência do ataque das meios do Sesi e levou a partida para o tie break, após salvar dois match points. “Acredito que qualquer alteração no time faria com que a outra equipe precisasse mudar um pouco a forma de jogar e essa mudança foi favorável para nós. Já é minha terceira temporada com o Wagão e eu sabia o que ele estava pedindo, que era tentar parar as bolas das centrais, que estavam pontuando muito no jogo”, reforçou a atleta.

 

No set decisivo, o Pinheiros entrou com força total e faturou o primeiro título nacional da história do voleibol do clube. Muito satisfeita, a capitã da equipe festejou o triunfo histórico. “A sensação é a melhor possível. O Esporte Clube Pinheiros nos dá uma estrutura excelente para trabalhar e é uma honra poder devolver o tanto que eles fazem por nós com esse título inédito”.




Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Auto Notificar:
Translate »