Search
Tuesday 15 October 2019
  • :
  • :

Vôlei Nestlé oficializa mais uma campeã olímpica

Crédito: Fotojum

 

A artilharia pesada do Vôlei Nestlé está garantida. Conforme o Mercado do Melhor do Vôlei já havia anunciado, Tandara renovou contrato e seguirá comandando o ataque do time de Osasco na temporada 2017/18. Atleta mais premiada da última edição da Superliga – maior pontuadora, melhor saque e craque da galera – a ponteira também é destaque na Seleção Brasileira no Montreux Volley Masters, disputado na Suíça. Ela foi a maior pontuadora do time nacional nas duas primeiras rodadas do torneio. Na vitória sobre a Polônia, colocou 21 bolas no chão. E repetiu o bom desempenho na derrota para a Alemanha, com 19 acertos.

 

Em grande fase, Tandara esbanja confiança. “Com certeza, fiz uma das melhores temporadas da minha carreira no Vôlei Nestlé. Me superei tanto física como tecnicamente. Ganhar três prêmios na Superliga foi bom demais e há muito tempo eu não encerrava um ano com a cabeça tranquila e o sentimento de trabalho bem feito. A palavra que resume tudo o que aconteceu é: sensacional. E isso me fez renovar. Quero superar ainda mais as expectativas. Vou trabalhar muito para ajudar nossa equipe a conquistar mais títulos”, afirma a ponteira, maior atacante da Superliga 2016/17, com 363 pontos marcados.

 

Quando Tandara fala em ultrapassar limites, não se refere apenas ao desempenho pessoal, mas em equipe. “A temporada passada foi incrível, superamos vários limites do time e a desconfiança das pessoas. Muita gente criticava e não acreditava. E mesmo com as dificuldades, vencemos o Campeonato Paulista e chegamos à final da Superliga. Com isso, as expectativas são as melhores possíveis para este novo período. Acredito que podemos ir mais longe. Teremos um time com qualidade e não esperem menos que dedicação e união, da mesma forma que conseguimos o ano passado. Vamos trabalhar para evoluir dentro e fora de quadra para fazer bons campeonatos e lutar por títulos”.

 

Versátil, Tandara pode jogar tanto de oposta quanto de ponteira. Em 2011/12, quando conquistou a Superliga pelo Vôlei Nestlé, a jogadora foi campeã como titular e atuando pelas pontas. No retorno a Osasco, em 2016, sua potência ofensiva foi intensificada. O resultado da escolha acertada do técnico Luizomar ao ‘repatriar’ a atleta vai além dos números. Juntamente com os 363 pontos de ataque e os 29 conseguidos no saque (percentual de acerto de 9,57, o melhor da Superliga), a atleta é uma das líderes em quadra, sempre incentivando as companheiras a render cada vez mais.

 

Já conferiu as promoções de camisas de vôlei na FutFanatics? Corre lá

 




Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Auto Notificar:
Translate »