Search
Wednesday 14 April 2021
  • :
  • :

A consagração do Itambé/Minas

Foto: Wander Roberto/Inovafoto/CBV

O Itambé/Minas (MG) é o campeão da Superliga Banco Do Brasil 20/21 feminina de vôlei. Nesta segunda-feira (05.04), o time de Belo Horizonte (MG) superou o Dentil/Praia Clube (MG) no terceiro e decisivo jogo do playoff final melhor de três por 3 sets a 2 (25/17, 13/25, 12/25, 25/18 e 15/11), no Centro De Desenvolvimento De Voleibol, em Saquarema (RJ). Com o resultado, a equipe do treinador Nicola Negro fechou a série com duas vitórias e um resultado negativo.

A vitória coroou uma grande temporada do Itambé/Minas que também ficou com o título do Campeonato Mineiro e da Copa Brasil. Eleita a melhor jogadora da partida, através de votação popular, e a melhor levantadora da Superliga Banco do Brasil 20/21, Macris destacou a força do conjunto do Itambé/Minas na conquista do título.

“Saímos de momentos difíceis juntas, em grupo, e só assim conseguimos superar as dificuldades. Apesar dos sets ruins, sabíamos que ia ser difícil e sabíamos também que só íamos conseguir em conjunto. A força do grupo, o trabalho do ano inteiro, todo o esforço de hoje, tudo isso foi importante para conseguir essa vitória”, disse Macris.

O treinador do Itambé/Minas, Nicola Negro, celebrou seu primeiro título da Superliga e enalteceu toda a dedicação do grupo mineiro.

“Foi uma temporada incrível. Chegamos em Saquarema com 23 vitórias consecutivas. Aqui abaixamos um pouco o nosso nível de jogo, mas o Dentil/Praia Clube cresceu de produção e vendeu muito caro a nossa conquista. Esse título é muito merecido para todo esse grupo. Quero agradecer a comissão técnica e as jogadoras por toda a dedicação nessa temporada”, disse Nicola Negro.

Pelo lado do Dentil/Praia Clube, a central Walewska lamentou a derrota, mas ressaltou a luta do time de Uberlândia em toda competição.

“Essa final foi fantástica. Encaramos o Minas de frente, uma equipe que teve apenas uma derrota em toda fase classificatória. Jogamos taticamente muito bem, o grupo foi sensacional e lutou o tempo inteiro. Tentamos buscar e reverter o placar, portanto todo o time está de parabéns”, afirmou Walewska.

A ponteira Megan Easy foi a maior pontuadora do confronto, com 24 acertos.

Vice-presidente da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV), Radamés Lattari fez questão de enaltecer, acima de tudo, a satisfação em poder encerrar a competição no naipe feminino – diferente da temporada anterior, que teve que ser interrompida já por causa da pandemia da COVID-19.

“Estou muito feliz pela conclusão da Superliga Banco do Brasil feminina. Há pouco tempo, poucos poderia acreditar que iriamos conseguir levar até o final, então queremos parabenizar os clubes, os patrocinadores dos clubes, os patrocinadores da CBV e sobretudo ao corpo de funcionários da Confederação Brasileira de Voleibol, que fez, em conjunto, como um time, essa competição ser um sucesso”, finalizou Radamés Lattari.

A fase final da Superliga Banco do Brasil masculina terá início com os treinamentos das equipes semifinalistas já a partir desta terça-feira (06.04) também no Centro de Desenvolvimento de Voleibol (CDV), em Saquarema. As disputas começam na quarta (07.04) entre Minas Tênis Clube (MG) e Vôlei UM Itapetininga (SP), e Vôlei Renata (SP) e EMS Taubaté Funvic (SP).

Ano de Thaisa

Eleita a melhor jogadora da Superliga Banco Do Brasil, Thaisa teve uma temporada espetacular. Ao olhar as estatísticas da CBV, ela aparece na liderança nos rankings de ataque e bloqueio, além de ser a terceira jogadora que mais marcou pontos de saque na competição. Campeã mineira, da Copa Brasil e da Superliga, com o Itambé/Minas, a central ainda ficou com o prêmio de “craque da galera” ao ser eleita a jogadora favorita do público. Para a jogadora, o momento especial é resultado de muita dedicação e trabalho árduo de toda a equipe.

“Fiquei muito triste que a temporada passada não acabou pela pandemia. Nessa temporada o meu foco foi continuar a minha evolução e fiquei feliz de ter ajudado o grupo. Procurei liderar o time nos momentos de dificuldade e compartilhar um pouco da minha experiência. Esses prêmios são do time porque eu não jogo sozinha. Essa vitória foi do grupo”, disse Thaisa, que ainda relembrou momentos de dificuldade na carreira.

“Passa um filme na minha cabeça e lembro tudo que passei para superar as lesões e hoje estar jogando nesse nível. Foi muito difícil passar por uma fase que fiquei desacreditada e muitos não acreditaram que eu poderia voltar a jogar no meu melhor nível. Só quem convive comigo sabe o que eu passei. Tenho sorte de ter um time que esteve sempre do meu lado”, afirmou Thaisa.

A bicampeã olímpica fez ainda um agradecimento especial ao treinador Nicola Negro. “Ele foi um cara incrível. Sempre me colocou lá em cima, mesmo quando eu achava que não estava bem. Ele sempre valorizou tudo o que eu conquistei, e sempre falou com muito orgulho da minha carreira. O Minas também me contratou sem ter certeza que eu iria render e acreditou na minha recuperação. É muito bom voltar e trazer o título para um clube onde eu comecei minha carreira”, finalizou Thaisa.

 

 




Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x